Auxílio Brasil e Auxílio-Gás: veja quem recebe nesta semana

A terceira parcela do Auxílio Brasil no valor de R$ 400 começou a ser paga nesta terça-feira, dia 18 de janeiro

Nesta terça-feira começou a ser liberada a terceira parcela do Auxílio Brasil no valor de R$ 400, com ele também está sendo pago o Auxílio-Gás. Outros benefícios também serão pagos neste início de ano, entre eles o abono salarial PIS/Pasep, FGTS e o Auxílio Emergencial retroativo aos pais solteiros.

O Auxílio-Gás será pago para as pessoas com o final de NIS de 1 a 4. O benefício segue o calendário do Auxílio Brasil. Segundo o governo, nem todas as pessoas receberão o Auxílio-Gás, isso porque será dada preferência para as famílias que estão em extrema vulnerabilidade, e não tem como comprar o produto, serão elas as primeiras a receber o valor de R$ 52.

Para ter ter direito ao Auxílio-Gás é necessário estar inscrita no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Veja as datas que será liberado o Auxílio-Gás

Nesta terça-feira dia 18: foi liberado o pagamento para o final de NIS 1

na quarta-feira dia 19: receberá quem tem o final de NIS 2

na quinta-feira dia 20: receberá quem tem o final de NIS 3

e na sexta-feira dia 21: receberá quem tem o final de NIS 4

Auxílio Brasil

O pagamento do Auxílio Brasil começou nesta terça-feira (18). Também nesta semana recebem quem tem o final de NIS de 1 a 4.

Tem direito ao Auxílio Brasil, as famílias em situação de pobreza (renda por pessoa de até R$ 100 por mês) e extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 200 por mês), que tiverem em sua composição gestantes ou pessoas com idade de até 21 anos incompletos, e que já fazem parte do Bolsa Família ou do Cadastro Único.

Calendário do Auxílio Brasil

NIS finalRecebe dia
118/01
219/01
320/01
421/01
522/01
625/01
726/01
827/01
928/01
031/01

Auxílio Emergencial retroativo 

O auxílio emergencial retroativo foi liberado aos pais solteiros que receberam o pagamento retroativo de cotas adicionais das cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 pagos entre abril e agosto. Um total de 823,4 mil pais solteiros foram beneficiados. O valor já está disponível desde 13 de janeiro de 2022. No entanto, eles não terão direito à extensão de R$ 300 que vigorou entre setembro e dezembro de 2020 e nem as sete parcelas da rodada de 2021.

O foi liberado desde do dia 13 de janeiro para cada pai solteiro um valor entre R$ 600 e R$ 3 mil, levando em conta quando começou a receber o auxílio emergencial em 2020. 

Abono salarial PIS/Pasep

O abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base 2020 deveria ter sido pago a partir de 2021, no entanto, houve um adiamento da liberação de dinheiro, que acabou ficando para 2022. O governo já liberou o calendário de 2022. O início da liberação do dinheiro será a partir de 8 de fevereiro para os trabalhadores do setor privado, já os servidores públicos começam a receber o Pasep a partir de 15 de fevereiro.

O empregado com carteira assinada recebe o PIS/Pasep referente ao ano-base 2020 na Caixa Econômica Federal e os servidores públicos no Banco do Brasil.

Calendário do PIS

  • Nascidos em janeiro: a partir de 08 de fevereiro de 2022;
  • Nascidos em fevereiro: a partir de 10 de fevereiro de 2022;
  • Nascidos em março: a partir de 15 de fevereiro de 2022;
  • Nascidos em abril: a partir de 17 de fevereiro de 2022;
  • Nascidos em maio: a partir de 22 de fevereiro de 2022;
  • Nascidos em junho: a partir de 24 de fevereiro de 2022;
  • Nascidos em julho: a partir de 15 de março de 2022;
  • Nascidos em agosto: a partir de 17 de março de 2022;
  • Nascidos em setembro: a partir de 22 de março de 2022;
  • Nascidos em outubro: a partir de 24 de março de 2022;
  • Nascidos em novembro: a partir de 29 de março de 2022;
  • Nascidos em dezembro: a partir de 31 de março de 2022.

Calendário do Pasep

  • Final da inscrição 0 ou 1: a partir de 15 de fevereiro de 2022;
  • Final da inscrição 2 ou 3: a partir de 17 de fevereiro de 2022;
  • Final da inscrição 4: a partir de 22 de fevereiro de 2022;
  • Final da inscrição 5: a partir de 24 de fevereiro de 2022;
  • Final da inscrição 6: a partir de 15 de março de 2022;
  • Final da inscrição 7: a partir de 17 de março de 2022;
  • Final da inscrição 8: a partir de 22 de março de 2022;
  • Final da inscrição 9: a partir de 24 de março de 2022.

Saque-aniversário do FGTS

O trabalhador que optou pelo saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aos poucos já começa a ter acesso ao dinheiro. De acordo com as regras, o trabalhador só pode sacar o valor no mês de seu aniversário. Os nascidos em janeiro já podem sacar a grana, eles terão até o dia 31 de março deste ano para ter acesso ao benefício.

O saque-aniversário é uma modalidade oferecida pelo FGTS em que o trabalhador pode sacar o valor que possui no fundo de forma parcial, uma vez ao ano, no mês de seu aniversário. Isso é diferente da opção tradicional, em que o saldo é disponibilizado em caso de demissão sem justa causa ou aposentadoria.

A modalidade saque-aniversário não é obrigatória. Entretanto, quem optar pela modalidade, ficará sem ter direito de sacar o valor total do Fundo de Garantia em caso de demissão sem justa causa. Tendo direito apenas a multa rescisória de 40%.

A pessoa poderá desistir do saque-aniversário e voltar à modalidade saque-rescisão, basta informar a Caixa Econômica Federal. Mas, atenção! Essa alteração só vai se efetivar 25 meses depois da solicitação.

O trabalhador que quiser aderir ao saque aniversário deve fazer a solicitação através do aplicativo FGTS, no site da Caixa Econômica Federal, no Internet Banking CAIXA ou nas Agências.

Comentários estão fechados.