Auxílio Brasil: inscrição no Cadúnico para ter direito ao benefício

O principal requisito para ter direito aos pagamentos do Auxílio Brasil é estar entre os inscritos do Cadúnico. 

Nesta última terça-feira (18), o Governo Federal deu início a terceira rodada de pagamentos do Auxílio Brasil no valor de R$ 400. Quem ainda não sabe, o novo programa veio como substituto do antigo Bolsa Família. 

Conforme informações do governo, cerca de 3 milhões de novas famílias foram incluídas na folha de pagamento do Auxílio Brasil nos repasses de janeiro. Sendo assim, o programa passa a atender 17,5 milhões de famílias brasileiras. 

Contudo, apesar de o Ministério da Cidadania ter temporariamente acabado com a fila de recebimento do benefício, a lista é atualizada diariamente, até porque nem todos os cidadãos que atendem aos requisitos do benefício estão recebendo. 

Neste cenário, é preciso entender que existe um número de pessoas aguardando a atualização do Cadúnico, pois, a inscrição no sistema do governo é primordial para o recebimento do Auxílio Brasil. Isto porque, o Cadastro Único trata-se de uma ferramenta cujo intuito é identificar famílias de baixa renda e destiná-las à programas socias.

Cadastramento no Cadúnico 

Apesar de o Cadúnico ser uma base de dados que pertence ao Governo Federal, a  organização do cadastro no sistema é feita no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), órgão este, administrado pelas prefeituras municipais. 

Em outras palavras, cabe às prefeituras realizar a seleção de pessoas que integram o sistema, bem como repassar os dados ao Governo Federal. O tempo para este processo varia conforme o município, em algumas cidades é mais rápido e outras pode levar um longo tempo.

Em razão disso, muitas pessoas habilitadas a receber o programa, já realizaram a inscrição para o cadúnico, todavia, não conseguiram entrar, de fato, na lista de espera do Auxílio Brasil. 

Contudo, uma vez na lista, a expectativa é que todo mês sejam incluídos novos beneficiários na espera, assim como foi em janeiro. 

Não basta estar inscrito no Cadúnico 

Vale ressaltar que sem a inscrição no Cadúnico, é impossível receber o Auxílio Brasil, entretanto, este não é o único requisito exigido para ter direito aos pagamentos. Assim sendo, além do cadastro no sistema é preciso atender às seguintes condições: 

  • A família deve estar em situação de pobreza (possuir renda per capita entre R$ 100,01 e R$ 200,00), além de ter, ao menos, uma integrante gestante, ou menor de 21 anos, no grupo familiar, ou, estar em situação de extrema pobreza; OU
  • Estar em condição de extrema pobreza (possuir renda familiar per capita igual ou inferior a R$ 100,00.).

Comentários estão fechados.