Auxílio de R$300: Mães chefes de família terão direito ao pagamento em dobro?

0

O Governo Federal estendeu o auxílio emergencial até dezembro de 2020, com parcelas no valor de R$ 300. Com o novo valor vieram também novas regras, através da Medida Provisória que estabeleceu novos critérios para conceder o benefício, uma das principais dúvidas é se as mães chefes de família ainda têm direito ao pagamento em dobro.

Mesmo com novos requisitos, as mães chefes de família e as que são menores de 18 anos, continuam recebendo o valor em dobro, ou seja, R$ 600.

Serão nove, as parcelas do auxilio emergencial que serão pagas pelo governo, sendo cinco no valor de R$ 600 e mais quatro parcelas extras de R$ 300. Os depósitos na conta poupança social digital da Caixa serão realizados até o dia 29 de dezembro. Já a liberação de saques e transferências segue até 27 de janeiro de 2021.

Designed by @teksomolika / freepik

Calendário de pagamentos

Os pagamento continuarão sendo pagos em Ciclos, sendo que as datas foram reorganizadas a partir do Ciclo 3. Todos os beneficiários recebem uma nova parcela, de R$ 600 ou R$ 300, conforme o mês de aniversário.

Menos os beneficiários do Bolsa Família, que recebe o valor de R$ 300 de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

A Caixa Econômica Federal realiza os depósitos do ciclo 3 de pagamentos, que segue até o dia 1º de novembro, e desde sexta-feira (30) iniciou os depósitos do ciclo 4.

Ciclo 3 (com alterações)
Depósitos

  • 30 de setembro – nascidos em janeiro;
  • 5 de outubro – nascidos em fevereiro;
  • 7 de outubro – nascidos em março;
  • 9 de outubro – nascidos em abril;
  • 11 de outubro – nascidos em maio;
  • 14 de outubro – nascidos em junho;
  • 16 de outubro – nascidos em julho;
  • 21 de outubro – nascidos em agosto;
  • 25 de outubro – nascidos em setembro;
  • 28 de outubro – nascidos em outubro;
  • 29 de outubro – nascidos em novembro;
  • 1º de novembro – nascidos em dezembro.

Saques e transferências:

  • 7 de novembro – nascidos em janeiro;
  • 7 de novembro – nascidos em fevereiro;
  • 14 de novembro – nascidos em março;
  • 21 de novembro – nascidos em abril;
  • 21 de novembro – nascidos maio;
  • 24 de novembro – nascidos junho;
  • 26 de novembro – nascidos em julho;
  • 28 de novembro – nascidos em agosto;
  • 28 de novembro – nascidos em setembro;
  • 1º de dezembro – nascidos em outubro;
  • 5 de dezembro – nascidos em novembro;
  • 5 de dezembro – nascidos em dezembro.

Ciclo 4 (com alterações)

Depósitos

  • 30 de outubro – nascidos em janeiro;
  • 4 de novembro – nascidos em fevereiro;
  • 5 de novembro – nascidos em março;
  • 6 de novembro – nascidos em abril;
  • 8 de novembro – nascidos em maio;
  • 11 de novembro – nascidos em junho;
  • 12 de novembro – nascidos em julho;
  • 13 de novembro – nascidos em agosto;
  • 15 de novembro – nascidos em setembro;
  • 16 de novembro – nascidos em outubro;
  • 18 de novembro – nascidos em novembro;
  • 20 de novembro – nascidos em dezembro.

Saques e transferências

  • 7 de novembro – nascidos em janeiro;
  • 7 de novembro – nascidos em fevereiro;
  • 14 de novembro – nascidos em março;
  • 21 de novembro – nascidos em abril;
  • 21 de novembro – nascidos maio;
  • 24 de novembro – nascidos junho;
  • 26 de novembro – nascidos julho;
  • 28 de novembro – nascidos agosto;
  • 28 de novembro – nascidos em setembro;
  • 1º de dezembro – nascidos em outubro;
  • 5 de dezembro – nascidos em novembro;
  • 5 de dezembro – nascidos em dezembro.

Ciclo 5 – Depósitos

  • 22 de novembro: nascidos em janeiro;
  • 23 de novembro: nascidos em fevereiro;
  • 25 de novembro: nascidos em março;
  • 27 de novembro: nascidos em abril;
  • 29 de novembro: nascidos em maio;
  • 30 de novembro: nascidos em junho;
  • 2 de dezembro: nascidos em julho;
  • 4 de dezembro: nascidos em agosto;
  • 6 de dezembro: nascidos em setembro;
  • 9 de dezembro: nascidos em outubro;
  • 11 de dezembro: nascidos em novembro;
  • 12 de dezembro: nascidos em dezembro.

Saques e transferências

  • 19 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 19 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 4 de janeiro de 2021: nascidos em março;
  • 6 de janeiro de 2021: nascidos em abril;
  • 11 de janeiro de 2021: nascidos em maio;
  • 13 de janeiro de 2021: nascidos em junho;
  • 15 de janeiro de 2021: nascidos em julho;
  • 18 de janeiro de 2021: nascidos em agosto;
  • 20 de janeiro de 2021: nascidos em setembro;
  • 22 de janeiro de 2021: nascidos em outubro;
  • 25 de janeiro de 2021: nascidos em novembro;
  • 27 de janeiro de 2021: nascidos em dezembro.

Ciclo 6 – Depósitos

  • 13 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 13 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 14 de dezembro: nascidos em março;
  • 16 de dezembro: nascidos em abril;
  • 17 de dezembro: nascidos em maio;
  • 18 de dezembro: nascidos em junho;
  • 20 de dezembro: nascidos em julho;
  • 20 de dezembro: nascidos em agosto;
  • 21 de dezembro: nascidos em setembro;
  • 23 de dezembro: nascidos em outubro;
  • 28 de dezembro: nascidos em novembro;
  • 29 de dezembro: nascidos em dezembro.

Saques e transferências

  • 19 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 19 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 4 de janeiro de 2021: nascidos em março;
  • 6 de janeiro de 2021: nascidos em abril;
  • 11 de janeiro de 2021: nascidos em maio;
  • 13 de janeiro de 2021: nascidos em junho;
  • 15 de janeiro de 2021: nascidos em julho;
  • 18 de janeiro de 2021: nascidos em agosto;
  • 20 de janeiro de 2021: nascidos em setembro;
  • 22 de janeiro de 2021: nascidos em outubro;
  • 25 de janeiro de 2021: nascidos em novembro;
  • 27 de janeiro de 2021: nascidos em dezembro.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil