Publicidade
Home Chamadas Auxílio-Doença: Conheça as 15 doenças graves que possibilita o segurado a receber...

Auxílio-Doença: Conheça as 15 doenças graves que possibilita o segurado a receber o benefício sem cumprir o período de carência

0
auxilio doença

O auxílio-doença é concedido aos segurados da previdência Social que apresentam incapacidades, limitações ou restrições para exercer suas atividades no ambiente de trabalho, o auxílio-doença é um seguro previdenciário do INSS, para entendermos melhor, o auxilio não é para as Doenças e sim para a incapacidade de exercer funções durante sua vida laboral.

Existem dois tipos de Auxílio: O Auxílio-Doença Comum (para doenças e acidentes comuns) E o auxílio-doença Acidentário (para doença ocupacional e acidente de trabalho). Hoje vamos falar sobre o Auxílio Comum que entra na parte de Doenças .Para qualquer pessoa adquirir o beneficio do auxílio-doença é preciso de alguns requisitos e tempo de carência , que equivale a 12 meses de contribuições .

Porém o INSS tem uma lista de 15 doenças graves em que possibilita o segurado a receber o benefício sem o período de carência. São:

  • Tuberculose ativa;
  • Alienação mental;
  • Mal de Parkinson;
  • Síndrome da imunodeficiência adquirida-AIDS;
  • Cegueira;
  • Hanseníase;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Contaminação por radiação;
  • Esclerose múltipla;
  • Hepatopatia grave;   
  • Cardiopatia grave;
  • Nefropatia grave;
  • Caso grave de doença de Paget;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Neoplasia maligna.
Publicidade

Em todo caso se houver alguma doença que não esteja citada na lista, basta o segurado recorrer judicialmente devendo levar o laudo que comprova ser portador de tal doença.

Vale ressaltar que , essas doenças podem acontecer em qualquer idade e por isso lhe dão direito a aposentadoria também, o primeiro passo é pedir o auxílio-doença e logo o segurado passará por uma pericia medica e caso for comprovado a incapacidade permanente para exercer o  trabalho e sem capacidade de reabilitação para outra função a aposentadoria por invalidez será indicada.

Lembrando que a aposentadoria por invalidez o assegurado deverá ter 12 meses de contribuição e deverá passar por uma pericia a cada 2 anos para averiguar o estado de sua enfermidade.

Veja as documentações necessárias para fazer o agendamento.

  • Documento de identificação oficial com foto;
  • Número do CPF;
  • Carteira de trabalho, carnês de contribuição ou outros documentos que comprovem pagamento ao INSS;
  • Documentos médicos decorrentes de seu tratamento, como atestados, exames e relatórios médicos;
  • Declaração assinada pelo empregador, informado a data do último dia de trabalho.

Dica extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.