Auxílio Emergencial: 9,7 milhões continuam com pedido em analise

0

São 4,9 milhões de trabalhadores ainda em primeira análise e 4,8 milhões em reanálise, ou seja, que foram considerados inelegíveis em uma primeira avaliação.

Quase 10 milhões de trabalhadores ainda aguardam análise para receber o Auxílio Emergencial de R$ 600. Esse número foi divulgado pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, no sábado (23).

São 4,9 milhões de pessoas ainda em primeira análise e 4,8 milhões em reanálise, ou seja, que foram considerados inelegíveis em uma primeira avaliação e recorreram. Todos esses trabalhadores fizeram o cadastro pelo site ou app do auxílio.

De acordo com o balanço da Caixa, foram processados 101,2 milhões do total de 106,1 milhões de cadastros. Veja a situação em cada grupo de trabalhadores:

auxilio emergencial

Bolsa Família

  • 19,9 milhões de cadastros processados: 19,2 milhões elegíveis e 700 mil inelegíveis

Cadastro Único

  • 32,1 milhões de cadastros processados: 10,5 milhões elegíveis e 21,6 milhões inelegíveis

Inscritos no app e site

  • 54,1 milhões de cadastros (49,2 milhões processados): 29,3 milhões elegíveis, 19,9 inelegíveis (4,8 milhões destes em reanálise) e 4,9 milhões em 1ª análise

Veja a situação dos pedidos e análises do Auxílio Emergencial até este sábado:

  • Cadastrados: 106,1 milhões
  • Processados: 101,2 milhões
  • Elegíveis: 59 milhões
  • Inelegíveis: 42,2 milhões
  • Em 1ª análise: 4,9 milhões
  • Em reanálise: 4,8 milhões

No total, a Caixa contabilizou até sábado 55,1 milhões de beneficiários, que receberam R$ 60 bilhões. Contando com a segunda parcela, o total chega a R$ 85,5 milhões.

Total de pagamentos (incluindo a 1ª e 2ª parcelas):

Bolsa Família

  • Beneficiários: 19,2 milhões
  • Valor pago: R$ 22,8 bilhões
  • Total a ser pago, incluindo a 2ª parcela: R$ 28,8 milhões

CadÚnico

  • Beneficiários: 10,5 milhões
  • Valor pago: R$ 11,7 bilhões
  • Total a ser pago, incluindo a 2ª parcela: R$ 17,6 milhões

App/Site

  • Beneficiários: 25,4 milhões
  • Valor pago: R$ 25,5 bilhões
  • Total a ser pago, incluindo a 2ª parcela: R$ 39,1 milhões

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. Os brasileiros poderão acompanhar ainda os seus pedidos por meio dos seguintes endereços: www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e https://consultaauxilio.dataprev.gov.br .

Com informações G1