Finalmente, o anseio de muitos beneficiários do programa social do Governo Federal voltado ao Coronavoucher parece ter sido ouvido pela Caixa Econômica Federal. Antes, era possível transferir apenas R$ 600 por dia no app da Poupança Digital. Entretanto, com a nova atualização do Caixa Tem, beneficiários que recebem R$ 1200, ou seja, os pais e mães solo, podem transferir o valor integral do benefício mensal para outra conta.

A versão 1.20.1 traz o novo recurso que permite transferir até R$ 1200 por dia do aplicativo Caixa Tem para outras contas. Antes disso, o beneficiário que recebe R$ 1200 tinha que fazer duas operações, uma por dia, para pode transferir o valor inteiro para uma outra conta.

O que é o Caixa Tem?

O Caixa Tem é o aplicativo desenvolvido pela Caixa Econômica Federal para que os beneficiários do Auxílio Emergencial que não tinham anteriormente conta na Caixa, pudessem receber os valores do benefício. Além disso, o aplicativo permite fazer movimentações no dinheiro, como pagamento de boletos e transferências para outras contas.

O aplicativo é bastante leve, e pode ser baixado na maioria dos smartphones. Além do Auxílio Emergencial, o cidadão pode ver seu FGTS, Abono do PIS, Seguro-Desemprego e Bolsa Família. Também é possível consultar e movimentar sua conta poupança e conta corrente da CAIXA. Porém, no momento o aplicativo está voltado apenas para o benefício Coronavoucher.

O que é o Auxílio Emergencial?

O Auxílio Emergencial é um programa social criado em caráter de urgência pelo Governo Federal para amenizar os efeitos financeiros da crise do Coronavírus. Como todo mundo já deve saber, o Brasil está em quarentena. A quarentena visa o distanciamento social, pois essa é a única maneira de controlar a transmissão do COVID-19. Porém, o distanciamento social tem suas consequências, dentre elas, a principal é a crise econômica causada pelo fechamento de fábricas e comércios.

Tendo em vista as dificuldades de milhares de pessoas que trabalhavam na informalidade, estavam desempregados ou são microempreendedores individuais (MEI), o Governo Federal anunciou uma ajuda de R$ 600 por três meses para os trabalhadores que cumprem os requisitos do programa. Além disso, mães e pais solo, que são aqueles que são os únicos responsáveis pela criação do(s) filho(s), ganham o benefício em dobro, ou seja, R$ 1200 por mês durante três meses.

Requisitos para receber o Auxílio Emergencial

Por lei, o Auxílio Emergencial tem duração prevista de três meses e se destina sobretudo a trabalhadores que cumpram todos estes requisitos:

  • seja maior de 18 anos de idade;
  • não tenha emprego formal ativo;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial ou beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o Bolsa Família;
  • cuja renda familiar mensal por pessoa seja de até meio salário mínimo (ou seja, R$ 522,50) ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos (ou seja, até R$ 3135,00);
  • por fim, que, em 2018, não tenha recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Além disso, a lei cita os seguintes beneficiários:

  • microempreendedor individual (MEI);
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social;
  • trabalhador informal, seja empregado, autônomo ou desempregado, de qualquer natureza, inclusive o intermitente inativo, inscrito ou não no Cadastro Único, cuja renda familiar mensal por pessoa seja de até meio salário mínimo ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos.

Como fazer a atualização do Caixa Tem?

Para fazer a atualização do Caixa Tem e ter acesso ao novo recurso, é necessário acessar a loja de aplicativos do seu smartphone. Se você possui um iPhone, o link é este. Já quem tem um Android deve clicar neste link para atualizar o aplicativo Caixa Tem.

Informações originalmente publicadas por Seu crédito Digital