Auxílio Emergencial: calendário da 3ª parcela pode sair no dia 8 de junho

0

Muita gente está esperando com ansiedade a 3ª parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600, e R$ 1.200 para mães solteiras, devendo não ter nenhuma alteração e seguir o que já foi feito na 1ª e 2ª parcelas.

O Governo Federal está prometendo divulgar na próxima segunda-feira, 8 de junho, o calendário de pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600, e R$ 1.200 para mães solteiras.

Segundo técnicos do Ministério da Cidadania, o cronograma deve ser parecido ao da segunda parcela, com divisão entre grupos de beneficiados.

Este tipo de decisão é justamente para evitar aglomerações nas agências da Caixa Econômica Federal, preservando as pessoas do contágio do novo coronavírus.

O Auxílio Emergencial é destinado aos desempregados, autônomos, trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e cadastrados no Bolsa Família.

Como será o cronograma de pagamentos

A Caixa deverá realizar o depósito para os beneficiados do Bolsa Família, conforme o digito final do Número de Identificação Social (NIS). Depois, ocorrerá o crédito na conta Poupança Social Digital, seguindo os meses de nascimento.

Será possível movimentar o dinheiro no aplicativo Caixa Tem, onde será possível efetuar pagamento de contas e realizar compras, usando o cartão digital ou do QR Code.

Já o saque em espécie ou transferência entre contas da Caixa para outros bancos, deverá acontecer da mesma forma que foi idealizado para a segunda parcela. Sendo que essas pessoas vão ter que esperar mais ou menos por 10 dias, contados a partir do depósito na conta digital.