Auxílio Emergencial: Consulte o calendário de pagamento da 1ª parcela

0

Iniciou-se nessa semana o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para os brasileiros que já haviam recebido a primeira parcela até o dia 30 de abril e junto com o calendário de pagamento da segunda parcela, foi liberado também o calendário para quem ainda não recebeu a primeira.

Destacamos ainda que o pagamento da primeira parcela começou desde a última terça-feira (19), se você ainda não se atentou sobre o calendário ou se já está apto há receber, primeiro aconselhamos você a acessar o aplicativo ou site de caixa e consultar se o seu benefício está liberado.

Se o seu benefício estiver liberado, confira a seguir o calendário completo de pagamento da primeira parcela.

Mês de nascimentoDia que irá receber
Nascidos em JaneiroRecebem dia 19 de Maio
Nascidos em FevereiroRecebem dia 20 de Maio
Nascidos em MarçoRecebem dia 21 de Maio
Nascidos em AbrilRecebem dia 22 de Maio
Nascidos em Maio, Junho e JulhoRecebem dia 23 de Maio
Nascidos em AgostoRecebem dia 25 de Maio
Nascidos em SetembroRecebem dia 26 de Maio
Nascidos em OutubroRecebem dia 27 de Maio
Nascidos em NovembroRecebem dia 28 de Maio
Nascidos em DezembroRecebem dia 29 de Maio
Auxílio Emergencial

Pedidos em análise

Conforme informações da Caixa Econômica Federal, 10 milhões de brasileiros ainda estão na fila para aprovação do Auxílio Emergencial. De acordo com Pedro Guimarães, presidente da Caixa, esse grupo inclui pessoas que tiveram que refazer o cadastro no aplicativo pela segunda ou terceira vez. Os motivos para isso vão desde inconsistência nos dados até CPF irregular (como, por exemplo, caso de não comparecimento às eleições).

Perguntado sobre a demora na aprovação dos pedidos, Guimarães responsabilizou a Dataprev e o Ministério da Cidadania. Segundo o presidente da Caixa, a Dataprev cruza os dados e o Ministério da Cidadania autoriza o pagamento. Sendo assim, dos 101,2 milhões de cadastrados finalizados no sistema da Caixa, aproximadamente 60 milhões foram aprovados 30 milhões foram rejeitados.

Infelizmente até o momento se o seu pedido continua em analise a unica opção é aguardar. Se você se encaixa em todos os requisitos para recebimento, você irá receber as três parcelas como todos os brasileiros, cabe agora o Dataprev finalizar a analise para aí então possamos ter mais um calendário de pagamentos para este grupo.

Para ter acesso ao Auxílio Emergencial, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • Maior de idadeser maior de 18 anos de idade
  • Não ter emprego formaldestinado para trabalhadores autônomos com rendas informais, que não seja agente público, inclusive temporário e nem exercendo mandato eletivo
  • Não ser beneficiárionão receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família
  • Renda familiarrenda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00)
  • Rendimentos tributáveisnão ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70
  • Estar desempregado ou exercer as seguintes atividadesexercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)