Auxílio Emergencial de R$ 600 está bloqueado para saque, saiba como usar o dinheiro

0

A Caixa Econômica Federal (CEF) começou a pagar no dia 18 de maio, a segunda parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600 para aqueles que estavam cadastrados até 30 de abril.

Porém, para evitar as numerosas filas que aconteceram quando foi paga a primeira parcela, o banco fez uma mudança, para a maioria dos beneficiários, foi bloqueado a opção para saque, num primeiro momento, as pessoas só poderão usar o dinheiro pela plataforma Caixa Tem, para pagamentos de boletos, fazer compras em supermercados, farmácias ou compras online.

Do mesmo modo, para quem havia informado uma conta bancária para o dinheiro ser transferido, também teve seu pagamento depositado na conta digital.

Veja o calendário de quem recebeu pela conta social digital e que ainda não pode sacar e somente realizar compras e pagamentos:

  • 20 de maio: nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21 de maio: nascidos em março e abril
  • 22 de maio: nascidos em maio e junho
  • 23 de maio: nascidos em julho e agosto
  • 25 de maio: nascidos em setembro e outubro
  • 26 de maio: nascidos em novembro e dezembro

Como gerar o cartão digital

Como por enquanto não será possível sacar o dinheiro, já que o saque só poderá ser feito a partir do dia 30. Então, vamos ajudar você a solicitar o cartão de débito digital para realizar pagamentos e compras.

Para obter o cartão de débito digital, você terá que acessar no aplicativo Caixa Tem, a ferramenta na área pessoal e informar os dados de cadastro como: o seu nome, número do seu CPF e RG. Em seguida, deverá selecionar a opção Cartão de Débito (nesse momento você deverá conferir os números do documento que irão aparecer na sua tela e confirmar a solicitação).

O cartão será feito de forma automática e contará com a numeração do titular, nome completo, os três dígitos do código de segurança e data da validação. Ele irá funcionar como os demais cartões, sendo que o número de código de segurança será sempre alterado a cada nova compara.

Empresas como O Extra, Carrefour, Pão de Açúcar, Assaí Atacadista, entre outros, estão aceitando a modalidade.

Embora tenha sido criado para ajudar a população, na prática, o cartão digital tem dado dor de cabeça para as pessoas. Elas afirmam que o dinheiro digital as impossibilitam de realizar compras e que a ideia passada pelo governo, não condiz com a realidade.

Mercadinhos de bairro, padarias, frigoríficos e demais estabelecimentos não estão podendo receber pelo Caixa Tem.

Analistas do mercado avisam que será um problema para os pequenos fornecedores que ficaram ainda mais sem acesso aos recursos financeiros. Entretanto, a Caixa diz que haverá um prazo para quem desejar sacar o dinheiro, que irá acontecer a partir do dia 30 de maio.

Utilizar pagamentos pelo cartão digital

Enquanto não pode sacar o dinheiro, o melhor a fazer, é pagar as suas contas usando o cartão de débito digital. Será possível pagar: conta de telefone e demais boletos, mesmo os impressos, poderão ser quitados.

Para isso basta você copiar a numeração do código de barras ou colocar a ferramenta para ler o código.

Para realizar compras em supermercados, lojas e farmácias, o cartão digital irá funcionar por meio da apresentação de um QR Code.

Você que teve o seu dinheiro depositado em conta digital poderá realizar o saque em espécie ou fazer transferência para outro banco, a partir do dia 30 de maio, acompanhe o calendário:

  • 30 de maio: nascidos em janeiro
  • 1º de junho: nascidos em fevereiro
  • 2 de junho: nascidos em março
  • 3 de junho: nascidos em abril
  • 4 de junho nascidos em maio
  • 5 de junho: nascidos em junho
  • 6 de junho: nascidos em julho
  • 8 de junho: nascidos em agosto
  • 9 de junho: nascidos em setembro
  • 10 de junho: nascidos em outubro
  • 12 de junho: nascidos em novembro
  • 13 de junho: nascidos em dezembro

Para quem recebe o Bolsa Família, o saque irá acontecer de acordo com o número final do NIS. Veja o calendário:

  • NIS 1: 18 de maio
  • NIS 2: 19 de maio
  • NIS 3: 20 de maio
  • NIS 4: 21 de maio
  • NIS 5: 22 de maio
  • NIS 6: 25 de maio
  • NIS 7: 26 de maio
  • NIS 8: 27 de maio
  • NIS 9: 28 de maio
  • NIS 0: 29 de maio