Auxílio Emergencial de R$ 600; veja quem tem direito

Os mineiros contarão com esse benefício por um tempo determinado

O auxílio emergencial termina neste domingo (31), deixando mais de 22 milhões de brasileiros sem renda a partir de novembro. Pensando nisso, o governo de Minas Gerais dará um benefício – uma espécie de um novo auxílio emergencial, no valor de R$ 600.

Como todo benefício, só terá direito de receber quem estiver inscrito no Cadastro Único (CadÚnico). O governo mineiro vai contar com um recurso de R$ 650 milhões para bancar o benefício. A quantia vem do programa Recomeça Minas, que é da Assembléia Legislativa do estado. Serão beneficiadas pelo o auxílio de R$ 600, mais de 450 mil pessoas.

Lembrando que os mineiros contarão com esse benefício por um tempo determinado. O benefício terá apenas uma única parcela.

Exigência para ter direito

Estar em situação de extrema pobreza
ser morador de Minas Gerais
ter renda de até R$ 89,00 por pessoa

Como receber o auxílio emergencial

O benefício será pago através da Conta Poupança Social Digital, que poderá ser movimenta pelo aplicativo Caixa Tem. A pessoa precisará ter uma conta no aplicativo.

O governo tem como prioridade as mães solteiras e as pessoas que não estão inscritas no Bolsa Família, que já receberam o auxílio emergencial do governo federal até 21 de outubro.

Se o mineiro quiser saber se será contemplado e conferir a data, deverá acessar a página do auxílio emergencial e informar o CPF e também o NIS (Número de Identificação Social).

Comentários estão fechados.