Auxílio Emergencial: Governo pretende pagar 3 parcelas de R$ 200 após carnaval

0

O auxílio emergencial se transformou numa dor de cabeça para o Governo Federal. Principalmente pela pressão política que o ministro da Economia, Paulo Guedes está sofrendo por parte dos parlamentares, que querem o retorno do benefício.

auxilio emergencial
Aplicativo Auxílio Emergencial

Segundo informações do jornal O Globo, deverá ser anunciado em breve pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a prorrogação do auxílio emergencial após o carnaval, que passaria a vigorar em março. Segundo o jornal, Bolsonaro estaria sendo pressionado pelo Congresso e pela ala política do governo.

A volta do benefício terá um custo que ficará fora do teto de gastos. Porém, a equipe econômica deseja uma medida que seja compensada por medidas de ajuste fiscal.

Guedes, já afirmou às lideranças do Congresso que para liberar três parcelas do auxílio emergencial, será necessário uma nova versão de “Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de guerra”, de acordo com o jornal Estado de S.Paulo.

Três parcelas de R$ 200

O governo quer três parcelas de R$ 200, já senadores e deputados pressionam o governo para que o valor seja maior.
Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil