Auxílio Emergencial: Muitas pessoas não irão receber a 3ª parcela; confira!

0

O Governo Federal anunciou que irá divulgar o calendário da terceira parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600, e R$ 1.200 para mães solteiras, a partir do dia 8 de junho.

Mas, você sabia que algumas pessoas poderão ficar sem receber a terceira parcela?

A Caixa ainda está pagando a segunda parcela do auxílio, que termina no dia 13 de junho.
De acordo com o governo, antes de pagar cada parcela, acontece uma reanálise de todos que solicitaram o auxílio e foram aprovados, mas, de acordo com o Ministério da Cidadania, nem todo mundo que recebeu a primeira e a segunda parcelas, receberá a terceira.

Para o Ministério esta reanálise é para evitar irregularidades no cadastro. Os requisitos para verificar os dados socais são os mesmos que foram usados na divulgação da liberação do auxílio.

Exemplo: Você estava desempregado e recebeu a primeira e a segunda parcela, mas, antes da terceira parcela, conseguiu um emprego com carteira assinada, seu auxílio de R$ 600 será cortado.

Confira a seguir quando uma pessoa deixará de receber a terceira parcela do auxílio de R$ 600, mesmo tendo recebido as outras parcelas:

  • Quem já conseguiu um emprego formal durante a pandemia;
  • Quem começou a receber outro benefício entre as parcela do auxílio, como aposentadoria ou seguro-desemprego;
  • A renda da família ficou acima de três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou a renda mensal por pessoa da família passou a ser maior que meio salário mínimo (R$ 522,50).

Acompanhe quem ainda irá receber a segunda parcela:

  • 6 de junho (sábado) – nascidos em julho
  • 8 de junho (segunda-feira) – nascidos em agosto
  • 9 de junho (terça-feira) – nascidos em setembro
  • 10 de junho (quarta-feira) – nascidos em outubro
  • 12 de junho (sexta-feira) – nascidos em novembro
  • 13 de junho (sábado) – nascidos em dezembro