Em sua live tradicional, o presidente Jair Bolsonaro até o momento sem partiu, garantiu em sua live nesta última quinta-feira (25) que o auxílio emergencial será prorrogado por mais três meses. De acordo com Bolsonaro a prorrogação já é uma certeza, o que precisa ser confirmado ainda é o valor.

O presidente Bolsonaro tem o desejo de pagar R$ 1.200 adicionais, além das três parcelas de R$ 600 já garantidas. De acordo com o as informações o valor de R$ 1.200 seria dividido em três parcelas pagas proporcionalmente onde seria pago R$ 500 em um mês, R$ 400 em outro e no último mês da prorrogação um valor de R$ 300. “Esse pessoal estava desatendido”, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, em transmissão de vídeo.

Auxílio Emergencial

Paulo Guedes também informou que o pagamento da terceira parcela vai começar neste sábado, 27 de junho. Até o presidente momento os únicos que estavam recebendo a terceira parcela eram os beneficiários do Bolsa Família. O pagamento vai começar dia 27 e se estenderá até o dia 30 de junho.

Fim do Auxílio Emergencial trará novo benefício

O Programa Renda Brasil é o novo projeto social do Governo Brasileiro que engloba os beneficiários do Bolsa Família e Auxílio Emergencial. Ainda em processo de implementação, muitas pessoas estão com dúvida, se o benefício vai ser melhor ,o se vai ser pior.

O Renda Brasil é um forma de ampliar o Bolsa Família para desempregados e autônomos. Por meio do auxílio emergencial foi possível mapear a quantidade de famílias que precisam desse tipo de renda para se manter. 

O lançamento oficial será após o pagamento de todas as parcelas do auxílio emergencial que foi fornecido por conta da crise causada pela pandemia do novo coronavírus no país, que fez com que muitos trabalhadores perdessem suas fontes de renda. 

Com tudo isso, a proposta do Governo é de que com esse novo programa o governo possa atender as necessidades de mais pessoas de baixa renda e consiga deixar os programa unificados.