Auxílio Emergencial: Saque em dinheiro começa esta semana

0

Se você acabou se receber o seu auxílio emergencial, ou está programado para receber nos próximos dias e ficou sabendo que não está sendo possível sacar o benefício em dinheiro ou transferir os R$ 600 por enquanto, este conteúdo é pra você!

Mudanças no Auxílio Emergencial

O pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial trouxe algumas mudanças em seu calendário, entre elas a divisão de pagamentos para quem recebe o Bolsa Família, para quem recebe em poupança social e para quem deseja receber o dinheiro em espécie ou fazer transferências.

auxilio emergencial

Saques e transferências

Para efetuar o saque do benefício é necessário seguir um novo calendário além do calendário de recebimento, o calendário para quem quer sacar o dinheiro ou fazer transferências se inicia no dia 30 de maio.

Você que teve o seu dinheiro depositado em conta digital poderá realizar o saque em espécie ou fazer transferência para outro banco deverá aguardar o dia 30 de maio, confira o calendário completo:

  • 30 de maio: nascidos em janeiro
  • 1º de junho: nascidos em fevereiro
  • 2 de junho: nascidos em março
  • 3 de junho: nascidos em abril
  • 4 de junho nascidos em maio
  • 5 de junho: nascidos em junho
  • 6 de junho: nascidos em julho
  • 8 de junho: nascidos em agosto
  • 9 de junho: nascidos em setembro
  • 10 de junho: nascidos em outubro
  • 12 de junho: nascidos em novembro
  • 13 de junho: nascidos em dezembro

Importante: Você precisa aguardar o dia certo para que possa receber, se você tentar receber em um dia que não é seu, você não receberá o benefício.

Outras opções para utilizar o dinheiro

Se você recebeu o auxílio do governo e deseja movimenta-lo mesmo antes de poder sacar ou transferir, existem algumas opções para você.

Você pode gerar o cartão digital do Caixa Tem onde será possível movimentar o dinheiro que você já recebeu, sendo possível pagar contas, fazer compras em supermercados de grandes redes e também fazer compras online.

O cartão será feito de forma automática e contará com a numeração do titular, nome completo, os três dígitos do código de segurança e data da validação. Ele irá funcionar como os demais cartões, sendo que o número de código de segurança será sempre alterado a cada nova compara.

Empresas como O Extra, Carrefour, Pão de Açúcar, Assaí Atacadista, entre outros, estão aceitando a modalidade.

Embora tenha sido criado para ajudar a população, na prática, o cartão digital tem dado dor de cabeça para as pessoas. Elas afirmam que o dinheiro digital as impossibilitam de realizar compras e que a ideia passada pelo governo, não condiz com a realidade.

Mercadinhos de bairro, padarias, frigoríficos e demais estabelecimentos não estão podendo receber pelo Caixa Tem.