Auxílio Emergencial terá uma nova prorrogação? Veja o calendário

Nesta sexta-feira (17) começa o pagamento da penúltima parcela do auxílio emergencial

O auxílio emergencial poderá ter uma nova prorrogação, pelo menos foi o que disse o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, isso pode acontecer apenas se um cenário de falta de apoio dos empresários passar a se tornar realidade.

A fala do ministro foi durante evento do BTG Pactual, nesta terça-feira (14), quando acrescentou que o país precisa aprovar a Reforma do Imposto de Renda. De acordo com ele, sem essa aprovação, não será possível aumentar os valores do Bolsa Família, a saída seria aplicar uma nova prorrogação no Auxílio Emergencial.

A princípio o auxílio emergencial está em sua penúltima parcela, que começará a ser paga a partir do dia 17 de setembro para os inscritos do Bolsa Família e no dia 21 para o público geral. A última parcela será paga a partir do dia 18 de outubro para o Bolsa Família, e no dia 20 para o público geral.

O dinheiro será depositado na conta Poupança Social Digital e depois será liberado para saque em dinheiro e transferência bancária.

Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial começou a ser pago pelo Governo Federal em 2020, naquele ano, o valor do benefício foi de R$600 (R$1.200 para as mães chefes de família). Depois foi estendido para um novo pagamento, porém, com um valor menor R$300 (R$600 para mães chefes de família).

Parcelas atuais

Em 2021, o governo mudou a forma de pagar o auxílio, passando a considerar a condição familiar dos beneficiários, alterando os valores do benefício. Desta forma, a pessoa que mora sozinha passou a ter direito a parcelas de R$150; famílias com duas ou mais pessoas R$250 e mães chefes de família R$375.

Na próxima sexta-feira (17), os beneficiários do Bolsa Família começarão a receber a sexta parcela do auxílio emergencial, conforme o número final do NIS.

O público geral começará a receber a partir do dia 21, o calendário é liberado conforme o mês de nascimento do beneficiário.

Nesta sexta-feira receberão a sexta parcela os inscritos no Bolsa Família com o final de NIS 1, no dia 20, final 2, dia 21, final 3 e assim sucessivamente até o dia 30 de setembro.

Já os nascidos em janeiro, começam a receber o auxílio emergencial a partir do dia 21, no dia 22, os nascidos em fevereiro, no dia 23, os nascidos em março e assim sucessivamente até o dia 3 de outubro. O dinheiro será depositado na conta Poupança Social Digital. O saque em dinheiro e transferência bancária será liberado a partir do dia 4 de outubro.

Calendário do Auxílio Emergencial

Mês de nascimentoData do crédito em contaData para saque em dinheiro
Janeiro21 de setembro04 de outubro
Fevereiro22 de setembro05 de outubro
Março23 de setembro05 de outubro
Abril24 de setembro06 de outubro
Maio25 de setembro08 de outubro
Junho26 de setembro11 de outubro
Julho28 de setembro13 de outubro
Agosto29 de setembro14 de outubro
Setembro30 de setembro15 de outubro
Outubro01 de outubro18 de outubro
Novembro02 de outubro18 de outubro
Dezembro03 de outubro19 de outubro

Calendário do Bolsa Família – auxílio emergencial

Dígito final do NISData de pagamento
117 de setembro
220 de setembro
321 de setembro
422 de setembro
523 de setembro
624 de setembro
727 de setembro
828 de setembro
929 de setembro
030 de setembro

Comentários estão fechados.