Auxílio emergencial: veja quem pode receber R$ 375

0

A Caixa Econômica Federal continua realizando o pagamento do auxílio emergencial para aqueles que se enquadram nas regras do programa.

Nesta sexta-feira, 23, é a vez dos beneficiários do programa Bolsa Família que possuem com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 5. 

O calendário segue no domingo, 25, com o depósito para os nascidos no mês de setembro.

Assim, o governo vai pagar quatro parcelas com valores entre R$ 150 a R$ 375. Assim, cerca de 46 milhões de brasileiros devem receber o recurso.

No entanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre quais valores devem receber este ano e como ter acesso à maior cota do benefício. Então, confira! 

Quem tem direito? 

Pelas novas regras estabelecidas pela Medida Provisória 1.039/2021, o auxílio está sendo pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. 

Mas o auxílio emergencial 2021 será pago independentemente de solicitação para a pessoa que, em dezembro de 2020, estava elegível para recebimento do auxílio emergencial ou auxílio emergencial extensão e que não esteja enquadrado em nenhuma das situações de impedimento. 

A seleção foi feita pelo Dataprev e o resultado foi validado pelo Ministério da Cidadania.

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, ou seja, a família recebe o benefício que possui maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa ou o valor do auxílio emergencial.

Valor do benefício 

Falamos acima que existem três valores oferecidos àqueles que foram selecionados para receber o auxílio.

Desta forma, o recurso é pago da seguinte forma: as famílias, em geral, recebem R$ 250 e as pessoas que moram sozinhas têm direito à R$ 150. 

Mas se você quer ter acesso à cota maior no valor de R$ 375, saiba que ela é reservada para a família monoparental.

Mas atenção: ela deve ser chefiada por uma mulher. Diante disso, o governo pretende disponibilizar a maior cota para aproximadamente 9,3 milhões de mulheres.

Vale lembrar que apenas uma pessoa por família poderá ser contemplada. 

Como receber?

Há duas formas de receber o auxílio emergencial. Uma delas é voltada para o beneficiário do programa Bolsa Família.

Neste caso, é preciso seguir o calendário de pagamentos definido pelo final do NIS. Para a próxima semana, o pagamento será feito nas seguintes datas:

26 de abrilBeneficiários com NIS de final 6
27 de abrilBeneficiários com NIS de final 7
28 de abrilBeneficiários com NIS de final 8
29 de abrilBeneficiários com NIS de final 9
30 de abrilBeneficiários com NIS de final 0

Por sua vez, os demais beneficiários devem estar atento ao mês de aniversário, seguindo o seguinte cronograma:

setembro25 de abril12 de maio
outubro27 de abril13 de maio
novembro28 de abril14 de maio
dezembro29 de abril17 de maio

Em ambos os casos os valores podem ser acessados através do aplicativo Caixa Tem, sendo possível utilizar o recurso para fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code.

O trabalhador também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas pela opção “Pagar na Lotérica”. 

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento.

Os beneficiários poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custo, ou realizar o saque em terminais de autoatendimento e casas lotéricas.

Utilizar a plataforma é simples: basta acessar as lojas Apple Store e Google Play e instalar o aplicativo no aparelho celular.

Após essa etapa, o usuário já pode movimentar os valores que foram depositados em conta digital.

Por Samara Arruda