Tanto hoje quanto amanhã serão creditados os brasileiros que recebem a segunda parcela do auxílio emergencial, quanto para os novos aprovados que vão receber a primeira. Confira o calendário.

A Caixa Econômica Federal vai pagar nesta sexta-feira (22) novos lotes do Auxílio Emergencial de R$ 600.

Veja quem recebe nesta sexta e também amanhã sábado:

Segunda parcela:

Trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram através do aplicativo e do site, e que receberam a primeira parcela do Auxílio Emergencial até 30 de abril. Para hoje sexta-feira (22) recebem os nascidos em Maio e Junho e para amanhã, sábado (23), recebem os nascidos em Julho e Agosto

Segunda parcela:

Para esta sexta-feira (22) recebem os beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 5. Já para o sábado (23) recebem os beneficiários do Bolsa Família cujo NIS termina em 6.

Primeira parcela:

Novo lote será pago hoje aos brasileiros que nasceram em Abril. Amanhã, sábado (23) será pago aos brasileiros nascidos em maio, junho ou julho

auxilio emergencial

Novas restrições no Auxílio Emergencial

Para os beneficiários que vão receber a segunda segunda parcela e não fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos trazem mais restrições: todos vão receber por meio de conta poupança digital da Caixa – mesmo quem recebeu a primeira parcela em outra conta.

Para os brasileiros que são beneficiários e vão receber a segunda parcela mas não fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos trazem algumas restrições: todos os beneficiários vão receber em conta poupança digital da Caixa – mesmo os brasileiros que tenham recebido a primeira parcela em outra conta.

Outra situação é, a poupança digital inicialmente não vai permitir transferências, apenas pagamento de contas, boletos e compras por intermédio do cartão de débito virtual. Transferências para outras contas e saques só serão liberados a partir de 30 de maio

Primeira parcela para novos aprovados

A primeira parcela para esse novo grupo será creditada na conta escolhida pelo beneficiário, da forma como receberam os primeiros beneficiários: nas contas da Caixa, na Poupança Social Digital ou em contas de outros bancos. Esses beneficiários também poderão fazer o saque em espécie do auxílio na data da liberação.

Calendário da 2ª parcela

Confira o calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família: 

Último dígito do NIS:Data do crédito:
118 de maio
219 de maio
320 de maio
421 de maio
522 de maio
625 de maio
726 de maio
827 de maio
928 de maio
029 de maio

Veja o calendário para depósito em poupança social:

Nascidos em:Dia de recebimento do benefício:
janeiro e fevereiro20 de maio
março e abril21 de maio
maio e junho22 de maio
julho e agosto23 de maio
setembro e outubro25 de maio
novembro e dezembro26 de maio

Veja o calendário para saque e transferência da poupança social:

Nascidos em:Liberado em:
janeiro30 de maio
fevereiro1 de junho
março2 de junho
abril3 de junho
maio4 de junho
junho5 de junho
julho6 de junho
agosto8 de junho
setembro9 de junho
outubro10 de junho
novembro12 de junho
dezembro13 de junho

Calendário da 1ª parcela

Os pagamentos vão até 29 de maio, em dias escalonados por mês de nascimento (veja o calendário mais abaixo). Até o final dos pagamentos, serão creditados R$ 5,3 bilhões a mais de 8,3 milhões de pessoas. Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

NascimentoDia que irá receber
Nascidos em JaneiroRecebem dia 19 de Maio
Nascidos em FevereiroRecebem dia 20 de Maio
Nascidos em MarçoRecebem dia 21 de Maio
Nascidos em AbrilRecebem dia 22 de Maio
Nascidos em Maio, Junho e JulhoRecebem dia 23 de Maio
Nascidos em AgostoRecebem dia 25 de Maio
Nascidos em SetembroRecebem dia 26 de Maio
Nascidos em OutubroRecebem dia 27 de Maio
Nascidos em NovembroRecebem dia 28 de Maio
Nascidos em DezembroRecebem dia 29 de Maio

10 milhões continuam em análise

Conforme informações da Caixa Econômica Federal, 10 milhões de brasileiros ainda estão na fila para aprovação do Auxílio Emergencial. De acordo com Pedro Guimarães, presidente da Caixa, esse grupo inclui pessoas que tiveram que refazer o cadastro no aplicativo pela segunda ou terceira vez. Os motivos para isso vão desde inconsistência nos dados até CPF irregular (como, por exemplo, caso de não comparecimento às eleições).

Perguntado sobre a demora na aprovação dos pedidos, Guimarães responsabilizou a Dataprev e o Ministério da Cidadania. Segundo o presidente da Caixa, a Dataprev cruza os dados e o Ministério da Cidadania autoriza o pagamento. Sendo assim, dos 101,2 milhões de cadastrados finalizados no sistema da Caixa, aproximadamente 60 milhões foram aprovados 30 milhões foram rejeitados.

Infelizmente até o momento se o seu pedido continua em analise a unica opção é aguardar. Se você se encaixa em todos os requisitos para recebimento, você irá receber as três parcelas como todos os brasileiros, cabe agora o Dataprev finalizar a analise para aí então possamos ter mais um calendário de pagamentos para este grupo.