Beneficiários do Auxílio Brasil vão ter direito a empréstimo consignado

As 18 milhões de famílias que atualmente recebem o Auxílio Brasil poderão ter acesso ao empréstimo consignado

O Senado Federal analisará no próximo dia 16 de maio uma Medida Provisória (MP) que permite que os beneficiários do Auxílio Brasil possam contratar empréstimo consignado.

A possibilidade surgiu ainda no mês de março, quando o presidente da República, Jair Bolsonaro divulgou uma série de medidas econômicas, intituladas como “pacote de bondades”.

No meio do pacote de medidas, o governo prevê a possibilidade de que as famílias inscritas no Auxílio Brasil, destinado à população em condição de vulnerabilidade social, possam ter acesso ao empréstimo consignado.

Mas o que é o empréstimo consignado?

O empréstimo consignado é uma modalidade de empréstimo em que o pagamento da dívida é descontado mensalmente diretamente no contracheque, holerite ou benefício dos devedores.

O empréstimo consignado é mais comum para os aposentados e pensionistas do INSS, assim como para os servidores públicos, pois, antes da liberação do salário ou benefício, a parcela do empréstimo já é descontada.

Agora como o valor do Auxílio Brasil é fixo em pelo menos R$ 400 por mês, será possível disponibilizar a modalidade consignada para os beneficiários.

Existem duas vantagens para quem contrata o empréstimo consignado, sendo elas:

  • A liberação inclusive para quem tem nome sujo, tendo em vista que o desconto do pagamento é realizado diretamente em folha;
  • Ter as melhores taxas de juros comparados a qualquer outra linha de crédito pessoal devido ao fato de que não há risco de inadimplência.

No caso do empréstimo consignado para o Auxílio Brasil, a contratação terá os seguintes requisitos:

  • Até 40% do valor do Auxílio Brasil poderá ser comprometido com empréstimos;
  • Não é preciso avaliação de risco de crédito;
  • Todos os bancos poderão oferecer o crédito;

Nota! A questão dos 40% do valor do Auxílio Brasil que poderá ser comprometida com o empréstimo quer dizer que as parcelas do empréstimo podem ser de até R$ 160 por mês, ou seja, 40% dos R$ 400 pagos pelo benefício.

Comentários estão fechados.