Benefício do INSS atrasado. Veja o que pode ser feito

0

Hoje o INSS conta com cerca de 1,3 milhões de benefícios aguardando análise e muitas pessoas acabam prejudicadas com a demora desses atendimentos.

Muitos brasileiros dependem unicamente dos benefícios concedidos pelo INSS para a subsistência.

Mas o que é possível fazer nesses casos?

Hoje vamos falar sobre as opções para que os segurados acompanhem as suas solicitações e o mais importante, informar qual medida legal é cabível quando o atraso na análise deste benefício traz prejuízos ao segurado.

Quanto tempo devo aguardar para a análise do meu pedido de benefício?

De acordo com a lei, o INSS tem o prazo de 30 dias, para analisar os pedidos.

Este prazo poderá ser estendido por mais 30 dias. Ou seja, ao total o INSS pode, legalmente, demorar 60 dias para analisar um benefício.

Sabemos que na prática, muitas vezes, o segurado acaba esperando muito mais que isso e por essa razão, quando essa espera causa prejuízos o segurado pode adotar medidas legais para buscar seus direitos.

Como posso acompanhar minha solicitação?

Para você saber se o seu benefício está em atraso e há quanto tempo está aguardando a aprovação é possível acompanhar de duas formas.

A primeira é através do número de telefone 135. A segunda forma é através do portal MEU INSS.

O MEU INSS é o portal de serviços do INSS online. Através dele você consegue identificar a sua solicitação, qual foi o dia e acompanhar se foi ou não analisado.

O que é possível fazer quando há atraso na análise?

Se o seu benefício está aguardando para ser analisado há mais de 60 dias e você está prejudicado com essa situação busque um Advogado Previdenciário.

Existe uma medida judicial chamada Mandado se Segurança, na qual é solicitado que o juiz ordene ao INSS que analise o seu benefício.

Sobre o Mandado de Segurança, vale esclarecer que trata-se de um processo judicial e pela seriedade da medida é importante que o segurado realmente esteja sendo prejudicado com o atraso do INSS.

Caso a caso deve ser analisado com cuidado por um Advogado Previdenciário, se estiver nesta situação, busque o auxílio de um profissional.

Não abra mão dos seus direitos antes de conhecê-los, CLIQUE AQUI e solicite um atendimento com a equipe especialista em causas previdenciárias do escritório Accadrolli & Maruani.