Site icon Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

Benefícios que o INSS paga aos segurados e pouca gente sabe

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) / Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Quando falamos em INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) o que primeiramente nos vem a mente ou é a aposentadoria por idade, ou algum tipo de auxílio, como é o caso do auxílio-doença.

Contudo, o que pouca gente sabe é que alguns benefícios podem ser liberados em situações inesperadas que devido a pouca informação sobre o tema, as pessoas podem ou já puderam receber e nem ao menos sabiam.

Sendo assim, vamos listar três benefícios em que os segurados podem ter acesso mas que de fato pouca gente conhece.

Salário-maternidade em caso de aborto

Pouca gente sabe, mas as mulheres podem ter o salário-maternidade não somente pelos casos de nascimento de um filho, o benefício também é pago em casos de adoção, aborto espontâneo ou aborto legal (situações de estupro ou quando a gestação é um risco para a vida da mãe).

No caso do benefício pelo nascimento ou adoção, o benefício é pago tradicionalmente por 120 dias, contudo, no caso de aborto é possível garantir duas semanas de afastamento, onde o valor pago é correspondente ao que seria devido no caso dos 120 dias, conforme previsto no art. 71 da Lei 8.213/91.

Além disso, dependendo da situação, não será necessário cumprir o período de carência de filiação ao INSS.

Auxílio-doença do INSS para cirurgia plástica

Conforme o Art. 201 em seu inciso I da Constituição Federal, a Previdência deverá atender as situações onde o segurado esteja temporariamente ou permanentemente incapaz de trabalhar.

Nesse cenário são pagos a aposentadoria por invalidez no caso de incapacidade permanente o auxílio-doença ou auxílio-acidente em situação de incapacidade temporária.

Contudo, o que pouca gente sabe é que o auxílio-doença pode ser pago também aos segurados que realizem algum procedimento estético como no caso de uma cirurgia plásticas.

O Benefício é concedido aos segurados que estão incapazes de trabalhar por pelo menos 15 dias, assim, como uma cirurgia plástica pode exigir mais do que 15 dias de repouso, é possível recorrer ao benefício do INSS neste tipo de situação.

Todavia, para a concessão desse benefício é necessário se atentar a alguma regras, pois, para ter direito ao auxílio-doença em caso de cirurgia plástica, será necessário a comprovação de que a saúde está comprometida e existe a necessidade de realizar uma cirurgia estética. 

Adicional de 25% na aposentadoria por invalidez

Caso o aposentado por invalidez esteja com a saúde e as condições mais comprometidas, onde o mesmo depende de outra pessoa para exercer as atividades mais básicas do dia-a-dia, como por exemplo para tomar banho, almoçar e demais rotinas do dia é possível pedir um adicional.

Esse adicional é de 25% a mais no valor da aposentadoria por invalidez, e tem como objetivo garantir uma ajuda de custo para ter uma pessoa acompanhando o segurado no processo de realização das atividades rotineiras.

O adicional de 25% se chama, auxílio-acompanhante e é destinado exclusivamente para os segurados aposentados por invalidez.

Sair da versão mobile