A Black Friday entrou no calendário dos brasileiros desde 2011. Hoje, figura como uma das datas comerciais mais importantes para a economia nacional. Neste ano, a mega promoção acontece no dia 29 de novembro. A previsão é um novo recorde em vendas, com um crescimento de 21% em relação a 2018, gerando um faturamento que ultrapassará R$ 3,15 bilhões de reais, segundo idealizadores do evento no Brasil.

Pensando nisso, separamos dicas de especialistas para ajudar lojistas que querem atingir o sucesso de vendas nesse período:

Dicas Financeiras

Se você não conseguiu se programar financeiramente para a Black Friday, mas não quer perder a chance de alavancar suas vendas, uma dica é fazer o adiantamento de recebíveis. Assim, você não fica com fluxo de caixa negativo e ainda consegue incrementar e organizar o estoque com alguns produtos indispensáveis para os seus clientes. A Adianta , fintech especializada nesta modalidade de captação de crédito para PMEs, auxilia empresários a se preparar para a tão importante data.

“Em datas comercialmente relevantes, como a Black Friday tornou-se nos últimos anos, é importante ter uma quantia de dinheiro disponível para investimentos. O valor pode ajudar a manter a gestão financeira da empresa saudável e ainda possibilitará a aquisição de produtos, reposição de estoque, itens de decoração/iluminação e outros artigos semelhantes”, explica Marco Camhaji, CEO da Adianta.

Dicas para o varejo

De nada adianta todo o esquema de organização de estoque, se não preparar o próprio negócio para chamar atenção dos clientes, de diversas maneiras, o marketing deve ser um dos investimentos indispensáveis. “Assim como todo e qualquer segmento, o Varejo possui técnicas e estratégias que fazem com que a experiência do cliente seja positiva, capaz de criar uma rotina de compra – algo positivo para todos os lados envolvidos”, afirma Thiago Monsores, CEO da Umclube, retailtech que atua na fidelização de clientes e caminha para ser o superapp dos shopping centers.

Business woman standing in front of a blackboard with a financial chart

Confira algumas dicas abaixo:

• Desenvolva um sistema eficaz

O empreendedor precisa delegar funções para cada uma das equipes envolvidas no negócio, não só a equipe de vendas. Também é importante treinar todos os integrantes da empresa para desempenharem bem o respectivo papel.

• Ponto de venda

Organizar o local onde as vendas são feitas é primordial. Um cliente não tem uma boa experiência ao comprar em um local cuja higiene, organização, iluminação e ambiente não sejam razoáveis para ele.

Estoque

Em datas que levam muitos clientes ao comércio, é fundamental manter o estoque organizado e cheio. A demora para encontrar um produto e/ou não tê-lo armazenado causa uma má impressão a quem quer comprar.

• Comunicação

Aqui não falamos, apenas, das redes sociais e do investimento em publicidade para divulgação. Deixar tudo claro para o cliente dentro da loja, da disposição de itens até de locais, também é importantíssimo. Em casos de lojas e-commerce é importante deixar todas as informações esclarecidas e de fácil compreensão para o consumidor.

• Fidelização

As vendas na Black Friday são excelentes, óbvio. Melhor do que isso, porém, é caprichar no ato e no pós-venda para fazer com que o cliente se lembre do seu comércio em ocasiões futuras e volte a fazer negócio com você.

Sobre a Adianta: Fundada em 2016, a Adianta é uma fintech focada em antecipação de recebíveis para pequenas e médias empresas.

A Umclube é uma retailtech que atua na fidelização de clientes e caminha para ser o superapp dos shopping centers, potencializando negócios e combinando novas tecnologias.