É verdade que os registros K200 e K280 são obrigatórios para geração de um dos mais recentes blocos da Sped Fiscal, mas ainda não em sua totalidade. E acredite, nem isso está sendo suficiente para deixar de cabelo em pé, os contadores(as) que ainda os têm.

Brincadeiras a parte, a preocupação para cumprir mensalmente o prazo do Bloco K em 2019 é imensa pelas empresas que possuem essa obrigação, mas principalmente para os contadores e as contadoras dos escritórios de todo o Brasil.

Entenda o que o fisco exige e como fazer a adequação dos cadastros.

Dificuldade em fazer os registros do Bloco K

Conscientizar os clientes sobre a importância de cumprir com essa obrigação acessória é dos principais desafios na hora dos escritórios contábeis executarem esta tarefa. Na grande maioria, clientes não colaboram por:

– falta de entendimento;

– falta de seriedade sobre o assunto;

– falta de controle do estoque;

– falta de um software de gestão;

– supor que só o contador é responsável.

Para os escritórios contábeis, a parametrização correta do sistema é uma tarefa bem complicada, e a adequação dos cadastros é missão quase impossível. Portanto, fazer um alinhamento com seu cliente é o primeiro passo.

O que o fisco exige no Bloco K em 2019

Ao contrário do Bloco H, o Bloco K se refere à produção, estoque, compras e faturamento com prazo de entrega mensal. Assim, as informações que devem ter nos registros, são:

– 0200: identificação do item
– 0210: consumo específico padronizado
– K100: período de apuração ICMS/IPI
– K200: estoque escriturado
– K220: movimentações internas
– K230: insumos produzidos
– K235: insumos consumidos
– K250: produção de terceiro
– K255: insumo consumido
– K260: reproceso de produção
– K265: reproceso de insumos
– K270: correção
– K275: correção de insumos
– K280: correção de estoque escriturado

Isso tudo tem levado muitos escritórios a preencher e entregar o Bloco K com informações sabidamente incorretas. E o que dizer dos meus alunos confessando que estão entregando o Bloco K em branco para futuras retificações?

Avalio essas situações e me pergunto:
– Quando e como farão as retificações? 
– Quando vão surgir as informações corretas dos meses que ficaram para trás?

O segundo passo para entrega do Bloco K é conseguir todos os dados necessários corretamente e integrados a um sistema de gestão.

Tipos de profissional quando o assunto é Bloco K

Nos meus treinamentos ou nos trabalhos de consultoria tenho notado a existências de dois grupos distintos quando o assunto é entregar essa nova obrigação acessória.

O primeiro grupo é daqueles contadores e contadoras que ainda não se deram conta da seriedade, cruzamentos e penalidades que podem surgir a partir de uma fiscalização em cima do Bloco K. São profissionais que me dizem o seguinte: “isso é obrigação do cliente, se ele não mandar eu não posso fazer nada”.

O segundo grupo é daqueles Contadores que já estudaram um pouco mais o tema, estão buscando estudar e aprofundar seus conhecimentos acerca dos perigos desta obrigação.

Esses já perceberam que não basta apenas esperar o cliente gerar e mandar a informação, já sabem que sozinho o cliente não vai conseguir cumprir aquilo que o fisco exige.

Esse segundo grupo já entendeu que talvez o caminho seja trabalhar em parceria com o cliente para que juntos possam atingir o objetivo comum que é atender às exigências do governo, o sócio surpresa da empresa.

E você, meu amigo profissional, em qual dos grupos da área tributária você está?

Atenção! Conheça um dos maiores e melhores treinamentos de Analista Fiscal do mercado! Impulsione sua carreira profissional mesmo que você não tenha experiência! Treinamento completo para se tornar um expert na área fiscal. Se matriculando hoje você ainda ganha inteiramente grátis os cursos de Analista em eSocial, Especialista em SPED, curso de Contabilidade na Prática, o livro digital Descomplicando o SPED e muito mais. Corra as vagas já estão acabando. Clique aqui e garanta a sua!

Conteúdo original OMIE

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.