Bloco K do SPED: Veja quem deve entregar e quais são os prazos

0
549

O Bloco K é uma das partes de informação do EFD – ICMS/IPI, parte integrante do SPED, que constitui-se no livro eletrônico de Registro de Controle da Produção e do Estoque. 

Com o Bloco K, a Receita Federal tem como objetivo diminuir ou mesmo acabar com a sonegação fiscal, ato considerado crime de acordo com a lei N° 4.729, de 14 de julho de 1965. Mas, com o Bloco K, empresas idôneas que podem não apresentar um controle preciso de produção e estoque também serão impactadas, já que variações e diferenças de inventários irão atrair a fiscalização, o que consequentemente pode gerar multas, além de outras sanções.

É importante informar-se com sua assessoria contábil ou com os órgãos competentes se a sua empresa está enquadrada na entrega do Bloco K, pois é obrigatório para os estabelecimentos industriais, atacadistas e a eles equiparados o envio de forma digital para a Receita Federal o Livro de Registro do Controle de Produção e do Estoque através do arquivo digital SPED Fiscal.

Segundo a legislação do IPI, muitas atividades estão enquadradas na industrialização. Por exemplo, um supermercado que prepare alimentos e acondicione no formato de embalagem, como é o caso dos frios (presunto e queijo) de produção própria, é considerado industrialização e obriga o supermercado a entrega do Bloco K.

O cronograma em vigor para entrega do Bloco K foi definido no Ajuste SINIEF nº 25/2016 que pode ser acessado através do linkhttps://www.confaz.fazenda.gov.br/legislacao/ajustes/2016/aj_025_16

Esteja atento aos prazos e às necessidades de mudanças operacionais de sua empresa, pois muitos dados exigidos no prazo de entrega fazem referência a movimentações antigas de sua empresa e devem estar devidamente registradas em seus softwares. 

Neste aspecto é importante ressaltar que é responsabilidade da empresa contribuinte manter as informações a serem declaradas para a Receita Federal adequadamente registradas em seus softwares de gestão. 

Conheça o curso completo de formação em SPED.

O objetivo do curso Especialização em SPED na Prática é entregar um conteúdo tão valioso de uma forma tão assustadora que qualquer aluno consiga sair de uma pessoa que não tem conhecimento nenhum sobre o SPED e se torne um consultor tributário que tem condições de fechar com clientes prestar consultoria tributária com SPED, fazer elaboração de SPED, fazer correções de erros e levantar créditos tributários de maneira muito prática.

Nessa versão atualizada, o Formação SPED 2.0  será uma verdadeira Especialização em SPED na Prática, e você pode ter certeza que esse será o curso mais completo sobre SPED do país, aonde junto com professor Marcos Lima nós vamos abordar todos os subprojetos do SPED de maneira prática.

Não perca tempo, clique aqui e transforme sua carreira profissional!

Conteúdo via Cyber Sul