Site icon Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

Boa gestão de negócios traz impactos positivos para a empresa

Photo by @ngad / freepik

Photo by @ngad / freepik

Para gerir um negócio, um líder precisa ter habilidades que vão além da cobrança de resultados. Isso porque, cada vez mais, o mercado exige que ele tenha a capacidade de conduzir uma empresa, um setor ou uma equipe de forma que o ambiente de trabalho seja organizado e agradável para os colaboradores. O bem-estar de todos e as boas relações interpessoais, afinal, motivam os funcionários, gerando, assim, resultados positivos para todos os departamentos.

Mas, para que isso seja possível, não basta ter conhecimento técnico, embora isso também seja importante. Ainda que o gestor faça cursos, participe de worskhops, palestras e leia diversos livros sobre gestão de negócios, é preciso adotar algumas práticas que garantem mais produtividade e consequentemente mais resultados. Em termos gerais, essas práticas separam o bom gestor do chefe que só exige de seus funcionários e que não impacta positivamente o dia a dia da empresa.

O presidente da WSI Brasil, co-fundador da WSI Consultoria e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board, Caio Cunha, considera que uma das primeiras características para uma boa gestão de negócios é a valorização da equipe. “Um bom líder entende o fluxo do setor, o desempenho da equipe, as vontades, os desejos e os medos dos seus colaboradores para incentivá-los a fazerem um trabalho melhor. Ele é visto como um amigo que se preocupa e não apenas como uma pessoa importante”, afirma.

Além disso, um bom gestor deve estudar o mercado: “É preciso ter informações completas sobre a concorrência e o público-alvo, saber quem são os clientes em potencial e como eles se comportam. Isso ajuda a entender qual caminho a empresa deve tomar para que o produto ou serviço tenha um diferencial e se destaque no mercado”. Portanto, atualização e capacidade de inovação também são características de um bom líder. E, para complementar, auditorias precisam ser feitas no sentido de garantir a análise do processo, a fim de que o gestor possa providenciar ajustes no que não está funcionando bem.

Vale ressaltar que a boa gestão de negócios também exige que o profissional tenha conhecimento sobre os mais variados setores da empresa, inclusive das ações desenvolvidas interna e externamente pela equipe de comunicação. “A área de marketing é fundamental para atrair novos clientes e manter uma boa relação com eles. Mas o endomarketing também é importante, já que trabalha a comunicação entre os colaboradores e os gestores e, dessa maneira, melhora a imagem da empresa, incentivando os funcionários a continuarem nela”, finaliza Cunha.

Sair da versão mobile