Bolsa do Povo Saúde: conheça o benefício para estudantes da área da saúde

Inscrições para a Bolsa do Povo Saúde vão até o dia 8 de outubro, os estudantes classificados como baixa renda poderão receber a assistência.

O programa foi desenvolvido pelo Estado de São Paulo e deve contemplar os estudantes da área da saúde. Os valores das bolsas vão variar com base no grau de formação do estudante, isto é, o valor pago a estudantes de graduação não será o mesmo de estudantes de cursos técnicos. 

As quantias podem variar entre R$500 a R$750. Os estudantes do estado de São Paulo podem realizar a inscrição que deve ir até à sexta-feira desta semana (08). A Bolsa do Povo Saúde poderá contemplar centenas de estudantes do segmento da saúde. 

Como funciona o Bolsa do Povo Saúde?

Trata-se de um programa promovido pelo estado de São Paulo, nele os estudantes da área da saúde de baixa renda poderão dispor de assistência financeira enquanto aprimoram seus conhecimentos práticos. 

Funcionará a partir da participação dos estudantes que deverão trabalhar durante 20 horas semanais em postos da Secretária de Estado da Saúde, ou seja, em hospitais Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs), Departamentos Regionais de Saúde (DRS) e centros especializados. 

Poderão se cadastrar no Bolsa do Povo Saúde os estudantes que estiverem devidamente matriculados em cursos voltados para a área da saúde, é parte da exigência estar inscrito no CadÚnico e possuir receita mensal por pessoa de até meio salário mínimo.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 8 de outubro. O estado de São Paulo chegou a investir cerca de R$28,2 milhões para o desenvolvimento do programa. Todos os estudantes da área da saúde do estado poderão efetuar a inscrição.

Foram destinadas 1,2 mil bolsas de R$500,00 para os estudantes de nível técnico e 1,5 mil bolsas de R$650,00 para os estudantes de tecnólogos, já os estudantes de graduação poderão dispor de 1,1 mil bolsas no valor de R$750,00 para licenciatura e bacharelado na área da saúde.

Onde os estudantes deverão atuar?

Quem for contemplado pela bolsa deverá cumprir 20 horas de trabalho semanal, são cerca de 160 unidades no estado de São Paulo prontas para receber os beneficiários do Bolsa Povo Saúde. 

No ano passado foi visível a necessidade de profissionais da área de saúde para o bem-estar da população. O programa servirá como um incentivo para que esses futuros profissionais concluam seus cursos obtendo mais experiência prática para quando forem de fato exercer suas profissões.

Comentários estão fechados.