Bolsa Família poderá ser ampliado para mais pessoas em 2021

0

O Bolsa Família poderá ser ampliado para mais pessoas em 2021, isso porque o presidente Jair Bolsonaro deve desistir de criar o Renda Cidadã.

Em matéria publicada pelo O Globo, informa que segundo integrantes do alto escalão do governo ouvidos pelo jornal , agora a ideia é manter o Bolsa Família e incluir mais pessoas entre os beneficiários do programa social. Atualmente, 14,2 milhões de famílias são atendidas.

Ampliação do Bolsa Família

bolsa família

Desistindo de criar o Renda Cidadã, o governo planeja manter o Bolsa Família, ampliando o programa social para mais pessoas nas regras.

Estimativas mostram que pelo menos três milhões de famílias brasileiras precisaram receber assistência social a partir de janeiro de 2021, mesmo após o fim do auxílio emergencial.

67 milhões de pessoas são atendidas pelo auxílio emergencial no Brasil e a ampliação do Bolsa Família pode ser a saída para amparar parte dessas pessoas que vão depender de ajuda do governo.

Como funciona o Bolsa Família?

É um programa de transferência de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. O Programa foi criado através da Lei n° 10.836/04.

Para fazer parte do Programa Bolsa Família é necessário que as famílias tenham uma renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais.

Que as famílias em situação de pobreza tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil