Bolsa Família será paga em poupança digital

0

O Bolsa Família começará a receber, a partir deste mês, o benefício através de contas de Poupança Social Digital, já usadas para para realizar os pagamentos do auxílio emergencial e do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A Caixa Econômica Federal informou que, mais de 9 milhões de pessoas que ainda não possuem nenhuma conta bancária poderão receber o benefício por meio de crédito na conta digital, sacar com o cartão Bolsa Família e movimentar os valores pelo aplicativo Caixa Tem.

Sendo assim, o beneficiário passa a ter uma conta bancária sem obrigações de saque integral das parcelas.

“Além de movimentar o benefício pelo app, os beneficiários poderão continuar sacando os recursos por meio do cartão Bolsa Família ou cartão Cidadão”, informou a Caixa.

Os primeiros que irão receber os recursos com os serviços da conta poupança social digital serão os beneficiários com o Número de Identificação Social (NIS) 9 e 0, seguindo a data de crédito regular do programa.

Agora em dezembro, acontece a primeira etapa, quando cerca de 1,5 milhão de pessoas receberão o dinheiro no Caixa Tem. Mês a mês, de acordo com o último digito no NIS, os beneficiários passarão a receber o benefício do Bolsa Família com os serviços da Poupança Social digital:

  • Dezembro: 1,5 milhão de beneficiários com NIS finais 0 e 9
  • Janeiro: 2,25 milhões de beneficiários com NIS finais 6, 7 e 8
  • Fevereiro: 2,25 milhões de beneficiários com NIS finais 3, 4 e 5
  • Março: 3 milhões de beneficiários com NIS finais 1 e 2, e grupos populacionais tradicionais específicos (indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua).

Assim, pessoas que nunca tiveram uma conta bancária, passará a ter uma, graças a iniciativa da Caixa Econômica Federal.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil