Bolsa Família tem direito a um empréstimo?

0

Os beneficiários do Bolsa Família, que atualmente é o principal projeto do governo na área social e de cidadania, já que atende 13 milhões de famílias. Há um repasse mensal de valores destinados à diversas áreas como educação, alimentação e saúde.

Mas, também existem condições que podem facilitar a concessão de crédito para os beneficiários do Bolsa Família.

Empréstimo para quem faz parte do programa Bolsa Família

A intenção de conceder empréstimos ao beneficiário do Bolsa Família, é permitir que este grupo de pessoas possam abrir de pequenos negócios, e terem uma qualidade de vida melhor.

bolsa família

Atualmente, estão disponibilizados empréstimos de até R$ 15 mil para microempreendedores inscritos no Cadastro Único, que possibilita a participação em programas sociais do governo.

Sendo assim, os beneficiários do Bolsa Família podem solicitar o crédito para abrir seus próprios negócios.

Entretanto, será necessário entender os critérios, isso porque, nem todos os participantes do programa terão o crédito liberado.

  • Possuir outra renda além do benefício, como um emprego formal (sob o regime CLT, de carteira assinada);
  • Estar ciente sobre a fiscalização e permitir a visita de algum fiscal do programa;
  • Ter um fiador. Ainda que as taxas de juros sejam baixas, é preciso ter um fiador para garantir o pagamento das parcelas em caso de necessidade.
  • O valor final dos juros aplicados ao crédito vai depender da quantidade de parcelas, valor e situação de renda do solicitante. Cada solicitação é analisada separadamente.

Todos os beneficiários podem solicitar o empréstimo do Bolsa Família?

Para os beneficiário do Bolsa Família terem um empréstimo aprovado, será necessário atender os critérios do próprio programa. Confira:

Ter todas as crianças da família matriculadas na escola, com a frequência de pelo menos 75%;
Estar em dia com os programas de saúde destinados às mulheres gestantes (pré-natal, exames e acompanhamento médico);
Caso tenha criança (s) recém nascida (s), todo o cronograma de vacinas deve estar atualizado.

Estando com todos os critérios cumpridos, será possível se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal com toda a documentação do solicitante e do fiador.

Documentação exigida:

Identidade e CPF;
Comprovante de residência e de renda;
Carteira de trabalho;
Cartão do benefício;
Inscrição no Cadastro Único.

O seu crédito sendo aprovado, o empréstimo poderá ser retirado com o cartão do Bolsa Família. Lembrado que o valor do empréstimo fica entre R$ 300 e R$ 15 mil.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil