Bolsonaro diz que fará reajuste de 50% no Bolsa Família

Presidente quer que o Bolsa Família tenha um valor médio de R$ 300

0

Jair Bolsonaro (sem partido) voltou afirmar que o programa Bolsa Família deverá ter um reajuste de seu valor médio que passará para R$ 300. Para o presidente, o aumento será de 50%.

Designed by @rafapress / shutterstock
Designed by @rafapress / shutterstock

“Sabe qual a média do Bolsa Família? R$ 192, hoje o Auxílio Emergencial está em R$ 250. O que pretendemos fazer? Fixar no mínimo em R$ 300 o novo Bolsa Família a partir de novembro. Vai ser um aumento [de] mais de 50%. É pouco? Sei que é pouco, mas é o que a nação pode dar”, afirmou o presidente em entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, na terça-feira (20).

Também existe uma expectativa do governo que a partir de dezembro cerca de 22 milhões de pessoas recebam o Bolsa Família.

Bolsonaro também garantiu que não está pensando em trocar o nome do programa que deverá continuar se chamando Bolsa Família.

“Alguns falam em mudar de nome, para tirar… Eu não estou preocupado em mudar de nome, eu quero atender a população”, disse Bolsonaro.

Bolsa família

Em 2003 foi lançado o programa Bolsa Família pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na verdade, o programa foi idealizado a partir de uma unificação de diferentes programas sociais de transferência de renda, como bolsa-escola, bolsa-alimentação, auxílio gás e Fome Zero.