Brasil já tem o primeiro caso de varíola dos macacos confirmados

Para ser infectado pela doença é necessário ter contato próximo e prolongado de uma pessoa que está com a doença

O Brasil já tem o primeiro caso de varíola dos macacos. Segundo o portal G1 da Rede Globo, nesta quarta-feira (8) foi confirmado que um paciente, homem de 41 anos que viajou à Espanha, está em isolamento no Hospital Emílio Ribas, na Zona Oeste da capital.

A Espanha é o segundo país com o maior número de casos da doença. De acordo com a TV Globo, a amostra está sendo analisada pelo Instituto Adolfo Lutz. Os médicos estão acreditando que pelos sintomas e as características das feridas pode ser sim a doença. Eles informaram que o paciente está bem.

Jean Gorinchteyn, secretário de saúde do estado, confirmou as informações e informou que o resultado deverá sair hoje (9).

Nota divulgada pela secretaria estadual da saúde disse que “as amostras do caso ainda estão em análise pelo Instituto Adolfo Lutz”. Também foi infoarmado que o paciente “teve inicio de febre e teve dores musculares, no dia 28 de maio”.

Confira os sintomas da varíola dos macacos

febre

dor de cabeça

dores musculares

dor nas costas

gânglios (linfonodos) inchados

calafrios

exaustão

Segundo o Centro de Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, as lesões passam por cinco estágios antes de cair. A doença geralmente dura de 2 a 4 semanas.

Como saber se você está com a doença

Para ser infectado pela doença é necessário ter contato próximo e prolongado (muitas vezes com a pele) de uma pessoa que está com a doença. Existem no momento muito poucas pessoas no mundo com a doença, o que significa que as oportunidades de contágio não são muitas.

O que diz o Ministério da Saúde?

O Ministério da Saúde divulgou uma nota nesta quarta-feira (8), informando que existem oito casos que estão em investigação, em todo o país. De acordo com  a pasta, Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e São Paulo têm um caso suspeito cada um. Também a nota informa que há ainda dois casos em Rondônia que estão sendo monitorados e outros dois casos em Santa Catarina.

Em todo o mundo foram confirmados 780 casos de varíola de macacos, conforme informou a Organização Mundial da Saúde (OMS), neste domingo (5).

Embora seja conhecida como varíola do macaco (chamada monkeypox)  ou varíola símia, é um vírus que infecta roedores na África e macacos são provavelmente hospedeiros acidentais assim o homem. Os sintomas da varíola de macaco são similares aos da varíola humana, porém com baixas taxas de contaminação.

A varíola dos macacos tem cura?

Não precisa ficar apavorado (a), a doença tem cura, como na maioria das viroses, o próprio sistema imunológico é capaz de eliminar o vírus e o paciente ficar completamente curado, sem intervenção alguma. Porém, para que não haja uma grande contaminação, é preciso colocar a pessoa com a doença em isolamento.

Original de cliquevida

Comentários estão fechados.