Brasileiros com diploma universitário e emprego formal lideram busca de crédito online para pagar contas e dívidas

193

Estudo mostrou que 56% das pessoas com diplomas universitários e 61% das que têm vínculo formal de trabalho recorrem a empréstimos para estas finalidades em 201

Pagar todas as contas e outras formas de dívida em dia continua sendo uma tarefa difícil para uma porção relevante dos brasileiros. De acordo com levantamento do Simplic (http://www.simplic.com.br/emprestimo), primeira plataforma de crédito 100% online do Brasil, 55% de todas as solicitações feitas na plataforma  em 2017 tiveram esse fim. Mais surpreendente ainda é o fato de que, proporcionalmente, as duas parcelas da população que mais precisaram de crédito online para manter as contas em dia foram as pessoas com diploma universitário (56,68% de todos os seus pedidos) e aquelas com emprego formal (61,34% de todos os seus pedidos). “Estudos da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico mostram que ter um diploma universitário valoriza o salário em cerca de 140% no Brasil. No entanto, o Mapeamento Simplic do Crédito Online relata claramente que não existe uma relação direta entre salário mais alto e controle da vida financeira no Brasil”, explica Bruno Borges,  gerente de Marketing do Simplic.

Segundo o executivo, o mesmo se aplica a outra parcela da população que, em tese, possui mais estabilidade financeira, capacidade de pagar suas contas em dia e ficar longe de dívidas: os brasileiros que têm emprego fixo e carteira assinada. Três em cada cinco pedidos (61,34%) feitos por pessoas com vínculo formal de trabalho tiveram como fim o pagamento de dívidas e contas da casa. O número é o maior entre todas as fontes de renda, tendo um contraste muito acentuado em especial com pessoas cuja renda é autônoma, que tiveram menos da metade (45%) de suas solicitações de empréstimo destinadas a manter as contas em dia.

Além disso, o percentual de solicitações para pagar dívidas e contas entre as pessoas com carteira assinada e diploma universitário (61,67%) é praticamente idêntico, proporcionalmente, ao daqueles que têm emprego, mas possuem apenas o ensino médio completo (61,69%). “Esses números apenas confirmam que educação financeira, assim como a capacidade de gerir contas adequadamente, ainda não fazem parte da cultura do brasileiro, independentemente de educação formal ou renda mensal”, ressalta o gerente de Marketing do Simplic.

Sobre o Simplic
Lançado em julho de 2014 no Brasil, o Simplic (www.simplic.com.br/emprestimo), é a primeira plataforma de crédito pessoal 100% online do País. Inovadora, a ferramenta analisa dados do usuário advindos de mais de 200 variáveis e é capaz de gerar uma resposta em menos de 3 segundos. Oferece empréstimos entre R$500 e R$3.500, que podem ser pagos em 3, 6, 9 ou 12 vezes, tudo de forma segura, prática e móvel. A plataforma analisa, hoje, mais de 6 mil solicitações de empréstimos por dia, somando mais de 2 milhões de clientes no Brasil.