Caixa deve oferecer empréstimos com valor entre R$ 500 e R$ 3.000

Segundo o presidente da instituição, Pedro Guimarães, os empréstimos serão liberados em breve. 

Mediante a anunciação do Auxílio Brasil (Novo Bolsa Família), a Caixa Econômica Federal deve liberar diversos serviços via aplicativo destinados a pessoas de baixa renda, como cartão de crédito e novas linhas de microcrédito.

A iniciativa da Caixa, tem como objetivo aquecer a economia, diante do novo cenário provindo da pandemia da covid-19. Acontece que muitos brasileiros abriram sua primeira conta em um banco mediante a necessidade do receber as parcelas do Auxílio Emergencial via Caixa Tem, Desta forma, muitos passaram a ter como contratar crédito junto a uma instituição financeira, o que antes não era possível. 

Neste sentido, o pagamento do auxílio via Caixa Tem, permitiu a inclusão de 38 milhões brasileiros no âmbito de serviços bancários. Atualmente o aplicativo conta com mais de 67 milhões de usuários que pretendem manter suas contas ativas após o encerramento do Auxílio Emergencial. 

Sendo este o cenário, o banco pode conceder empréstimos a parcela da população mais necessitada e de quebra, aquecer a economia, dado que os créditos irão permitir o cidadão ir comprar produtos em mercados, açougues, farmácias, etc., de modo a fazer a o dinheiro girar. Ao todo, estima-se que 30 milhões de brasileiros serão beneficiados. 

Conforme o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o intuito é disponibilizar os serviços até o fim de 2021, visto que o Auxílio Emergencial já está em sua etapa final, com encerramento previsto para outubro. 

Como serão os Empréstimos? 

Os empréstimos serão concedidos em valores não muito altos, para assim evitar inadimplências e endividamentos. Além disso, os clientes serão informados adequadamente sobre quanto estão pagando em cada parcela dos empréstimos. 

Segundo Guimarães, a ideia é conceder empréstimos vantajosos de forma totalmente digital e prática via Caixa Tem, nos seguintes moldes: 

  • Créditos em valores pré-aprovados de R$ 500 a R$ 3.000; 
  • Os empréstimos poderão ser divididos entre 18 a 24 parcelas mensais; 
  • Juros mais baixos dos que são geralmente ofertados no mercado. 

Ademais, a Caixa também deverá oferecer cartões e seguros por meio do aplicativo, o que deixa os usuários em aguardo das próximas novidades. O banco com essas iniciativas, pretende promover uma renda ativa para os cidadãos mais carentes no âmbito financeiro e contribuir para criação de novos negócios. 

Comentários estão fechados.