Foi anunciado pela Caixa Econômica Federal novas medidas para quem deseja adquirir sua casa própria, para quem não sabe o banco é responsável por 70% de todo o crédito imobiliário do país.

A instituição agora incluiu em seu financiamento habitacional, os custos dos cartórios, o Imposto pago na prefeitura para transferência do imóvel (ITBI) e também a escrituração e registro do imóvel no cartório de registro civil.

Somente o valor atribuído ao ITBI pode alçar valores, em média de até 5% do valor total do imóvel. Com a aplicação da nova medida, a Caixa Econômica prevê o alivio de até R$ 2,5 bilhões neste segundo semestre no bolso dos compradores.

Além das medidas mencionadas à cima, novas medidas de alívio para as construtoras , com a flexibilização de exigências e de comercialização e utilização de recursos de repasses no pagamento de encargos dos empreendimentos também foram anunciadas.

A partir do próximo dia 13 de julho, o registro de imóvel poderá ser feito de forma eletrônica por 1.356 cartórios em 14 estados, o que em período de pandemia evita que os interessados tenham que ir até os locais.

Agora é possível adiar as prestações do financiamento

Com a intenção de amenizar os impactos financeiros causados pela pandemia do novo coronavírus, a Caixa está oferecendo um adiamento de até quatro meses nas prestações do financiamento habitacional.

Já são mais de 2,4 milhões de brasileiros beneficiados com a medida e que solicitaram a pausa da cobrança. A solicitação de até 120 dias pode ser feita pelo telefone 0800-7260505 ou mesmo pelo aplicativo habitacional.

Como adiar as parcelas do financiamento?

  • Baixe o aplicativo Habitação Caixa e faça o pedido por lá
  • Ou ligue no telefone 3004-1105 (para capitais), 0800-7260505  (para as demais cidades). Escolha a opção 7

O horário de negociação é das 8h às 20h de segunda a sexta-feira.

O atendimento funciona de segunda à sexta-feira e o horário de funcionamento é das 08hrs às 20hrs.