Caixa libera antecipação do 13º salário. Veja como pedir

Será possível ao trabalhador antecipar valores entre R$ 500 e R$ 20 mil de acordo com a quantia que recebe de 13º salário líquido

A Caixa Econômica Federal liberou para seus correntistas a liberação do 13º salário para quitar dívidas, comprar itens necessários ou utilizar para outros fins. Será permitido aos trabalhadores retirarem valores entre R$ 500 e R$ 20 mil, ou seja, o banco fará um tipo de empréstimo para você.

O prazo para pagamento do crédito é a data original em que a parcela seria depositada, sendo de até 330 dias. Os juros serão pré-fixados na época da contratação sobre o valor adiantado.

Também será recolhido na hora da contratação o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Essa exigência está dentro das regras da Caixa.

Antecipação do 13° salário pela Caixa. Veja como funciona

Será possível ao trabalhador antecipar valores entre R$ 500 e R$ 20 mil de acordo com a quantia que recebe de 13º salário líquido. O crédito está sujeito a capacidade de pagamento que for definida pelo banco para o trabalhador.

Só poderá fazer o pedido quem recebe o salário diretamente em conta da Caixa, esteja empregado há, pelo menos, 12 meses; ou seja, aposentado/pensionista do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O dinheiro entra na conta do trabalhador na data de recebimento do seu 13º salário. Mas antes de você fazer a solicitação, deverá verificar com a empresa, órgão ou entidade responsável pelo parcelamento do abono acerca da disponibilização de crédito.

Você deverá devolver o dinheiro para o banco, assim que o contrato vencer. Lembrando que haverá correções.

A Caixa Econômica Federal faz um alerta para você não cair em golpes:

O banco pede a seus correntistas que mantenham suas contas protegidas dos golpistas para que haja uma transação segura. O pedido da Caixa, leva em conta que os fraudadores tendem a visar contas bancárias com altos valores nelas. Por isso, fique alerta:

  • A Caixa não liga para o cliente pedindo senha nem o número do cartão;
  • A Caixa não manda empregado/motoboy para a casa do cliente para retirar o cartão, por qualquer motivo;
  • A Caixa não liga para pedir para realizar uma transferência ou qualquer tipo de pagamento em nome de terceiros;
  • Ao receber uma ligação dizendo que o cartão foi clonado, o cliente deve desligar, e ligar para o número de telefone que está no verso do cartão para confirmar se houve problema no cartão diretamente com a Caixa;
  • O banco não manda mensagem no e-mail, Whatsapp ou SMS com link sem a solicitação do cliente. 

Comentários estão fechados.