Caixa libera hoje R$ 248 milhões para último saque do auxílio emergencial

0

Nesta quinta-feira, 28, a Caixa Econômica Federal (CEF) disponibilizou cerca de R$ 248 milhões referentes ao auxílio emergencial.

Este montante se trata do último saque do benefício, direcionado a 196 mil beneficiários. 

Embora a previsão inicial tivesse sido baseada no mês de nascimento do beneficiário, este último pagamento não seguirá o calendário divulgado.

Isso porque, todos os beneficiários irão receber o valor de uma única vez, ou seja, no caso daqueles que foram aprovados tardiamente, eles terão direito a receber todas as parcelas às quais têm direito. 

Os valores em questão seguirão o mesmo formato de pagamento, de maneira que os depósitos serão feitos na conta poupança social digital por meio do aplicativo Caixa Tem, plataforma que permitirá a movimentação online, além do que o dinheiro também já estará disponível para saques e transferências para outros bancos. 

Vale mencionar que o Caixa Tem oferece recursos de compras via internet e pelas máquinas de cartões de uma variedade de estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual ou QR Code. 

Além disso, os beneficiários também podem efetuar o pagamento de boletos e demais contas, como água, telefone e energia pelo próprio aplicativo ou em casas lotéricas, podendo também transferir os recursos sem o pagamento das respectivas tarifas.

No que se refere ao saque em espécie, ele requer que o usuário faça o login no aplicativo Caixa Tem e selecione as alternativas “Saque sem cartão” e “gerar código de saque”. 

Em seguida, o trabalhador precisa inserir a senha para conseguir visualizar o código de saque na tela do celular, o qual ficará disponível durante uma hora. 

O código em questão deve ser utilizado na retirada do dinheiro, que pode ser feita tanto em casas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou mesmo nas agências.

Foto: Reuters/Pilar Olivares
Foto: Reuters/Pilar Olivares

Beneficiários

O atual grupo de beneficiários é composto por aproximadamente, 191 mil pessoas que contestaram a suspensão do benefício através do site da Dataprev entre os dias 7 e 16 de novembro, e entre os dias 13 e 31 de dezembro de 2020.

Também integram o grupo, outros cinco mil que passaram por uma reavaliação dos pagamentos neste mês. 

No geral, entre esses 196 mil beneficiários, 8,3 mil receberão a segunda, a terceira, a quarta e a quinta parcelas do auxílio emergencial de uma única vez. 

Mais 40,9 mil pessoas irão receber as três últimas parcelas.

Um terceiro grupo de quase 68,1 mil beneficiários terão direito à quarta e à quinta parcelas, e por fim, 78,3 mil poderão receber apenas a quinta parcela. 

Por Laura Alvarenga