Caixa libera saque do FGTS para nascidos de setembro a dezembro

Trabalhadores nascidos de setembro a dezembro podem receber o FGTS ainda este ano

Os trabalhadores que exercem atividade de carteira assinada possuem direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), fundo este formado por uma contribuição mensal da empresa de 8% do salário bruto do trabalhador.

O saque do FGTS possui algumas restrições e para facilitar o acesso ao FGTS dos trabalhadores, o governo liberou a opção de saque-aniversário. O saque-aniversário é uma modalidade opcional, em que o trabalhador escolhe por receber anualmente, no mês de aniversário uma parte do saldo do Fundo de Garantia.

Como o saque-aniversário permite o recebimento no mês de aniversário, só podem receber os valores ainda este ano aqueles trabalhadores nascidos entre setembro e dezembro.

Os trabalhadores que nasceram entre janeiro e agosto já receberam este ano, e quem for aniversariante de um desses meses e quiser aderir a modalidade, só poderá receber a partir de 2022.

Valores do saque-aniversário

O valor da parcela do saque-aniversário é descontado automaticamente das contas do FGTS e disponibilizado para saque na conta indicada pelo trabalhador que aderiu à modalidade.

Os valores relativos ao saque-aniversário podem ser disponibilizados em qualquer instituição bancária ou ainda através dos canais de pagamento físicos da Caixa Econômica, como, casas lotéricas, guichês das agências, terminais de autoatendimento e correspondentes Caixa Aqui.

A adesão ao saque-aniversário é totalmente online e pode ser feita diretamente pelo aplicativo FGTS, disponível para celulares Android e iOS. Contudo, é necessário se atentar a dois pontos ao aderir à modalidade, sendo eles:

  • Adesão ao saque anual de parte do FGTS impede o recebimento do Fundo de Garantia em caso de demissão sem justa causa;
  • Ao aderir ao saque-aniversário e o trabalhador desistir da modalidade, será necessário aguardar um período de 25 meses de carência para voltar a ter direito do saque do FGTS em caso de demissão sem justa causa.

O valor liberado anualmente para quem migra para o saque-aniversário depende do saldo somado de suas contas no FGTS. Há sete faixas de pagamento. Para trabalhadores com saldo acima de R$ 500, é acrescida uma parcela adicional fixa em reais, além de um percentual do fundo, conforme a tabela abaixo.

As sete faixas do saque-aniversário:

Valor do saldo (em R$)% do saldo que pode ser sacadoParcela adicional fixaSaque total no piso da faixaSaque total no topo da faixa
Até R$ 50050%0—–R$ 250
De R$ 500,01 a R$ 1.00040%R$ 50R$ 250R$ 450
De R$ 1.000,01 a R$ 5.00030%R$ 150R$ 450R$ 1.650
De R$ 5.000,01 a R$ 10.00020%R$ 650R$ 1.650R$ 2.650
De R$ 10.000,01 a R$ 15.00015%R$ 1.150R$ 2.650R$ 3.400
De R$ 15.000,01 a R$ 20.00010%R$ 1.900R$ 3.400R$ 3.900
Acima de R$ 20.000,015%R$ 2.900R$ 3.900ilimitado

Comentários estão fechados.