Depois que foi criado o Auxílio Emergencial de R$ 600, os golpistas começaram agir contra os beneficiários, inventando todos os tipos de golpes. Muitas pessoas receberam mensagens pedindo dados e informações pessoais. Infelizmente alguns cidadãos caíram no golpe.

Foi por isso que a Caixa Econômica Federal decidiu alertar os beneficiários do auxílio de R$ 600,00, bem como quem ainda não teve seu cadastro aprovado ou sequer solicitou, informando para ficarem atentos a possíveis golpes.

Prova de vida INSS

Em nota, o banco comunicou que não envia mensagens de texto pedindo dados, senhas ou informações pessoais dos beneficiários. A caixa também não envia links, não pede acesso à conta por WhatsApp, e-mail, SMS ou pede confirmação do dispositivo clicando em link.

Caixa também deixou bem claro, que o cidadão só deve seguir informações do site oficial da Instituição. Os códigos de SMS que são enviados para validar o acesso ao sistema, para verificar cadastro, devem ser preenchidos apenas no site oficial ou aplicativo da Caixa Econômica Federal.

Esse código não deve ser fornecido para outras pessoas ou enviados para números em SMS ou WhatsApp.

Os aplicativos falsos são os que mais enganam as pessoas, os golpistas enviam mensagens com links por SMS que levam para sites falsos e mensagens de WhatsApp.

Se você não fez nenhum pedido para obter o Auxílio Emergencial e quer verificar se seu CPF foi utilizado indevidamente, basta entrar no site da Dataprev, informando o nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe. Se você tiver como resposta “Requerimento não encontrado”, é porque seu CPF não foi utilizado para pedir auxílio emergencial.

Para quem sofreu Golpe

Se você infelizmente sofreu um golpe em relação ao auxílio emergencial, deverá fazer um Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia Civil, encaminhar uma denúncia ao Ministério da Cidadania pelo número 121, informar a fraude em qualquer agência da Caixa.

Lembrando que os pedidos para ter o auxílio emergencial terminou no dia 2 de julho.