Caixa Tem libera empréstimos de até R$ 1.000

Vão poder solicitar o empréstimo, os clientes da Caixa

O Caixa Tem está liberando empréstimos de até R$ 1.000 para as pessoas que estão negativadas. De acordo com a Caixa Econômica Federal, as parcelas de pagamento podem ser parceladas em 18 a 24 vezes. Já as taxas de juros ao mês são de 3,99%.

Crédito Caixa Tem

É um empréstimo destinado aos clientes da Caixa, nos valores entre R$ 300 e R$ 1.000 e com prazo para pagamento de até 24 meses, disponível para contratação direto pelo aplicativo Caixa Tem, com jornada 100% digital e simples.

Quem pode solicitar?

Segundo o banco, vão poder solicitar o empréstimo, os clientes da Caixa, a partir da liberação para solicitação e atualização cadastral, que ocorrerá nos períodos indicados no calendário de abertura escalonada.

Só terá direito ao empréstimo quem for aprovado pela análise de crédito realizada pela a instituição, automaticamente pelo Caixa Tem. Depois da atualização cadastral e ter o limite disponível para contrastar. Quem tiver restrição em órgãos de proteção ao crédito como SPC/Serasa, não poderá solicitar o crédito.

Para quem ainda não é cliente Caixa Tem vai poder abrir sua conta Poupança+, conforme calendário específico, a partir do dia 8 de novembro de 2021.

Quais são os tipos de empréstimos liberados pelo o aplicativo?

O aplicativo oferece duas modalidades de empréstimos, que podem ser solicitadas automaticamente pelo Caixa Tem.

Crédito Caixa Tem pessoal: o cliente poderá utilizar para cobrir despesas gerais e pagamentos de contas, pois esse empréstimo é de livre destinação.

Crédito Caixa Tem para seu negócio: crédito produtivo orientado para despesas com fornecedores, salário de ajudantes/funcionários, contas de água, luz e aluguel, compra de matérias-primas e mercadorias para revenda, entre outros.

Mesmo quem não é cliente Caixa Tem pode ter acesso ao empréstimo no aplicativo?

A partir do dia 8 de novembro 2021, novos clientes poderão abrir sua conta no Caixa Tem e ter acesso aos serviços da conta Poupança Digital+. Ou seja, todos os brasileiros poderão ter.

Comentários estão fechados.