Está liberado o calendário da sexta parcela sendo a nova parcela de prorrogação no valor de R$ 300 para os inscritos no Bolsa Família.

Os inscritos no Bolsa Família possuem um calendário de pagamentos distinto dos demais beneficiários do auxílio emergencial, onde o cronograma segue a ordem de pagamentos do programa social.

Novas mudanças

auxilio emergencial

No geral houve algumas mudanças definidas com a nova prorrogação do Auxílio Emergencial, como a aqueles com rendimentos tributáveis de até R$ 28.559,70 no ano de 2019 poderão receber o auxílio, ao contrário das parcelas anteriores cujos rendimentos tributáveis analisados eram os do ano de 2018.

Os que foram incluídos como dependentes no IR de 2019 estão excluídos do recebimento, critério que valerá para cônjuge, filho ou enteado; e para companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de 5 anos

Ainda, estão excluídos do auxílio emergencial quem, em 2019, teve rendimentos isentos ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil. Aqueles que possuíam posse ou propriedade de bens ou direitos de valor acima de R$ 300 mil, em 31 de dezembro de 2019, também estão excluídos do benefício.

Um outro ponto, sendo esse o principal diz respeito ao novo valor, as cinco primeiras parcelas de R$ 600 estão garantidas para quem não recebeu ainda as cinco, já as próximas quatro parcelas pagaram um total de R$ 300.

Para os beneficiários do Bolsa Família o governo vai pagar um complemento do valor do benefício para atingir então os R$ 300. Vale lembrar que as mães chefes de família que estavam recebendo R$ 1.200, vão receber agora R$ 600.

Confira à seguir o calendário

Calendário Sexta parcela do Bolsa Família

Final do NISDia do recebimento
117 de setembro
218 de setembro
321 de setembro
422 de setembro
523 de setembro
624 de setembro
725 de setembro
828 de setembro
929 de setembro
030 de setembro