O Programa de integração Social, PIS, é um dos programas trabalhistas mais importantes do Governo Federal, pois auxilia justamente os trabalhadores de baixa renda. Anualmente, o calendário PIS 2019 auxilia milhões de brasileiros a complementarem a renda através do pagamento de um décimo quarto salário.

Esse é pago através de uma tabela conhecida como calendário PIS 2019, estabelecida pelo Ministério do trabalho e Previdência Social que distribui as datas de pagamento do benefício ao longo do ano, por isso é importante fiar atento.


Confira a seguir a nova tabela do abono salarial e saiba quais sãos as polêmicas novas regras do PIS 2019.


Calendário PIS 2019

Ficou definido que o calendário PIS 2019, vai ser iniciada com o pagamento sendo realizado primeiramente para quem nasceu em julho, que já vai desfrutar desse benefício a partir do dia 28 de julho de 2019.

Depois, serão agraciadas as pessoas que nasceram em agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro, sempre no mês de nascimento.

A partir da virada do ano, os pagamentos de janeiro a junho serão liberados todos até o 3º mês do ano, e o trabalhador terá até o dia 30 de unho para realizar o saque do benefício.

Confira abaixo a datas de pagamento do Calendário PIS 2019:

Datas de pagamento do Calendário PIS 2019
Aniversário Início dos Saques: Credito em Conta: Término dos Saques:
Julho 26/07/2018 26/07/2018 28/06/2019
Agosto 16/08/2018 16/08/2018 28/06/2019
Setembro 13/09/2018 13/09/2018 28/06/2019
Outubro 18/10/2018 18/10/2018 28/06/2019
Novembro 20/11/2018 20/11/2018 28/06/2019
Dezembro 13/12/2018 13/12/2018 28/06/2019
Janeiro e Fevereiro 17/01/2019 17/01/2019 28/06/2019
Março e Abril 21/02/2019 21/02/2019 28/06/2019

Tabela PIS 2019

Para quem recebe alguns dos benefícios dados pelo Governo Federal por meio do PIS, é sempre importante ficar de olho na tabela de pagamento, a qual, é procedida de acordo com a data de nascimento dos beneficiários.


Dessa forma, evita-se uma complicação no Orçamento Público, já que pagar o benefício a 22 milhões de pessoas de uma vez só, seria bastante complicado e poderia levar o Governo a atrasar os pagamentos.


Extrato do PIS 2019

O extrato do PIS 2019 é um importante documento de conferência desse benefício, já que, com ele é possível controlar os seus pagamentos, quanto ainda tem para receber, quando será feito o seu próximo pagamento, entre outras informações úteis para a população, a qual, é agraciada com esse benefício.

Assim, para quem deseja retirar o seu extrato PIS, saiba que é bastante simples de se realizar esse procedimento.

  • Basta ir até uma agência da Caixa Econômica Federal;
  • Precisa portar o cartão cidadão e o seu documento de identidade (RG, CNH);
  • Solicitar no atendimento o seu extrato do PIS.

Uma outra forma de estar com esse extrato em mãos, é pela internet, acessando o site da Caixa Econômica Federal e imprimindo o seu extrato do PIS através dos terminais de auto-atendimento, assim, você acaba tendo um melhor controle da situação dos seus incentivos do Governo e tem um manejamento maior da sua situação financeira.


Quem tem direito ao PIS 2019

Nem todos os cidadãos brasileiros têm direito a receber o PIS 2019. Esse benefício somente será pago aos beneficiários que se enquadrarem nas regras do MTE, que são:

  • Possuir, no ano base, renda mensal média de até 2 salários mínimos;
  • Trabalhar para a iniciativa privada;
  • No ano base, ter trabalhador por pelo menos 30 dias com a carteira assinada;
  • Precisa ser inscrito no PIS por pelo menos 5 anos;
  • Precisa ter sido informado pelo empregador na RAIS entregue ao Ministério do Trabalho em Maio.

O pagamento desse benefício será realizado pela Caixa Econômica Federal. Os pagamentos serão realizados a partir do mês de julho, e devem ser concluídos no mês de Junho do ano seguinte.


Quem não tem direito ao PIS

Acima você conferiu as diversas pessoas que tem direito ao PIS 2019, mas existe também determinadas pessoas que não tem direito a esse benefício, confira quem são elas:

  • Trabalhadores que não completaram os 5 anos de cadastro PIS;
  • Empregados Domésticos;
  • Diretores de empresas sem vínculo empregatício, mesmo contribuinte do FGTS;
  • Trabalhador Jovem Aprendiz;
  • Trabalhadores que trabalham para Pessoa Física, sendo trabalho urbano ou rural.

Documentos necessários para sacar PIS 2019

Caso você não precise ir na ‘boca’ do Caixa, os documentos que você precisa levar são:

  • Cartão da Conta Caixa;
  • Cartão Cidadão.

No entanto, se você precisar falar com um atendente, deverá ter em mãos alguns desses documentos:

  • CNH;
  • Carteira de Trabalho;
  • RG

Cotas do PIS 2019

As quotas são basicamente uma parte direcionada para cada pessoa que deve receber certa quantia.

As Quotas do PIS, são concedidas para trabalhadores que efetuaram cadastro no PIS até 04/10/1988, repassando os valores das quotas e dos seus rendimentos. Lembrando que, o saque desse valor pode ser sacado a qualquer tempo, sem precisar estar de acordo com o Calendário PIS.

Como Sacar

O pagamento das quotas PIS pode ser realizado em até cinco dias úteis após a solicitação, se for um caso mais urgente.

Para que você possa realizar o saque é necessário que apresenta os documentos a seguir:

  • Documento de Identificação;
  • Número do PIS;
  • Carteira Funcional reconhecida por Decreto;
  • Carteira de identidade;
  • Carteira de Habilitação (modelo novo), observado o prazo de validade, se houver;
  • CTPS;
  • Passaporte emitido no Brasil ou no Exterior;
  • Identidade Militar;
  • Carteira de Identidade de Estrangeiros.

Consulta PIS 2019

A Caixa Econômica Federal disponibiliza 4 formas diferentes de realizar a consulta PIS 2019. O trabalhador possui as seguintes maneiras de consultar o saldo do abono salarial Caixa:

  • Consulta saldo pela internet;
  • Consulta pelo aplicativo Caixa Trabalhador;
  • Consulta saldo por telefone;
  • Consulta PIS na agência bancária.

É importante salientar que para realizar o saque do seu benefício, é importante que o trabalhador tenha em mãos o cartão cidadão. Esse documento poderá ser emitido gratuitamente em qualquer agência da caixa, sendo necessário apresentar apenas a carteira de trabalho e um comprovante de residência atualizado.

Confira abaixo as principais formas de realizar a consulta PIS 2019, e veja como consultar o extrato de seu benefício, datas do calendário PIS 2019, saldo, e muito mais.

Consulta PIS pela Internet

Caso você queira saber o saldo de seu benefício sem sair de casa, e sem precisar instalar nenhum aplicativo em seu celular ou computador, essa é a maneira mais simples disponibilizada pela Caixa Econômica Federal.

Confira abaixo o passo a passo de como consultar o saldo do PIS pela internet:

Consulta PIS 2019 pela Internet
  1. Acesse a página Caixa Trabalhador, pelo link;
  2. Digite o número o PIS (presente no Cartão Cidadão e na CTPS);
  3. Digite a Senha da Internet;
  4. Clique no quadro “Não sou um robô”;
  5. Clique no botão “OK”.

Caso você nunca tenha utilizado a consultado PIS pela internet, precisará criar uma nova conta. Para isso, basta clicar no botão “CADASTRAR SENHA” na parte inferior da página, digitar os dados solicitados e  obter a senha de acesso.

Importante: A senha da internet não é a mesma senha utilizadas pelo Cartão Cidadão para acesso ao caixa eletrônico.

Consulta PIS por telefone

Você pode consultar o PIS 2019 pelo número da central de atendimento da Caixa Econômica Federal, pelo Número 0800 725 0505. Você pode ligar tanto de fixo quanto de celular, de segunda  à sexta, das 08h às 22h, e aos sábados, das 10h às 16h. A ligação é gratuita, e você poderá consultar o saldo e as datas de pagamento do abono salarial Caixa.

Consulta PIS pelo aplicativo

A Caixa Econômica Federal também disponibiliza a consulta do abono salarial através do aplicativo gratuito Caixa Trabalhador. Esse aplicativo está disponível para as principais plataformas de dispositivos móveis. Veja como realizar a consulta abaixo:

  • Acesse a loja de aplicativos de seu telefone;
  • Procure pelo aplicativo “CAIXA TRABALHADOR”;
  • Instale o aplicativo desenvolvido pela Caixa;
  • Clique em “Aceitar” durante o processo de instalação;
  • Acesse o aplicativo e informe o número do PIS;
  • Em seguida, siga as instruções indicadas pelo aplicativo.
Aplicativo Caixa PIS

Desse forma, você poderá consultar as informações de seu benefício de maneira 100% gratuita, a qualquer hora e em qualquer lugar, desde que tenha acesso a internet.

Como consultar o PIS em agência da Caixa

Outra forma de realizar a consulta PIS 2019 é pelo atendimento da Caixa Econômica Federal. A desvantagem em relação à outras formas de pesquisa é que você precisará de deslocar até uma agência ou posto de atendimento da Caixa para realizar a sua consulta.

  • Basta comparecer ao posto de atendimento (agências, lotéricas, ou correspondente Caixa Aqui, portando um documento de identidade com foto e seu cartão cidadão.
  • Dirija-se ao atendimento do banco e solicite o saldo de seu abono salarial. Se você possuir saldo disponível, poderá realizar o saque no ato.

Dessa fora, você poderá solicitar ao atendente o valor do PIS que tem a receber e a data do Calendário PIS 2019 pelo qual o seu benefício foi liberado.


Valor PIS

Assim como em outros benefícios, o valor pago pelo Governo aos beneficiários, os quais, recebem o PIS, é determinado pelo teto do salário mínimo. O valor do PIS 2019 é definido da seguinte forma:

  • Cada 30 dias trabalhador com carteira assinada no ano base dão direito a 1/12 do valor do PIS Integral;
  • O valor do PIS integral é de 1 salário mínimo do ano corrente, de acordo com a data de liberação do benefício;
  • Em 2019, o valor do mínimo está previsto para R$ 1000,00.

Caso em 2019 o salário mínimo suba para R$ 1000,00, o teto do PIS também subiria. Esse sistema de reajuste acaba sendo positivo para os trabalhadores, já que o salário mínimo sempre vai subir, consequentemente, o valor do PIS aumentará com esses reajustes do salário Mínimo.

Como Saber o Número do PIS?

Como Saber o Número do PIS – Sendo um Programa de Integração Social (PIS), o PIS atua também como uma contribuição tributária realizada pelas empresas, de modo que haja fundos para que os trabalhadores do setor privado recebam o seu abono salarial 2019.

Sendo que além de servir como uma fonte para o pagamento do 14° salário efetuado ao trabalhador anualmente, a contribuição do PIS também é usada para financiar o seguro-desemprego.

Por isso, é importante que todo o trabalhador envolvido neste programa social acompanhe este post e descubra como saber o número do PIS.

Como saber o número do PIS

Para quem Serve o Número do PIS

Todo o trabalhador do setor privado com carteira assinada conta com o número do PIS, já que este é criado automaticamente para o trabalhador quando ele solicita a sua carteira de trabalho.

Para cada pessoa é permitida a pose de apenas um único número Caixa PIS 2019, sendo que em caso de haver 2 cadastros ou mais registrados no nome de um único trabalhador, este deve iniciar o processo de “unificação” do número do PIS, de modo que não haja futuras complicações na hora de requerer a algum benefício trabalhista.

Confira algumas das principais ocasiões em que o número de PIS é necessário, logo abaixo:

  • Na hora de solicitar o seguro-desemprego em caso de demissão sem justa causa;
  • Para qualificar ao recebimento do abono salarial;
  • O número PIS permite a empresa efetuar o depósito mensal do valor correspondente ao FGTS na conta do trabalhador;
  • Para poder ser beneficiado pelos programas sociais que são disponibilizados a todas as famílias com baixa renda mensal.

Valendo lembrar que esta informação também pode ser requerida por outros vários serviços públicos na hora da sua legalização.


Como Saber o Número do PIS pelo DATAPREV

Sendo bastante útil em várias operações, é necessário saber como verificar o seu número de PIS, o que pode ser feito primeiramente por uma simples consulta na sua carteira de trabalho, no cartão do cidadão ou em outros documentos dos seus benefícios sociais.

Agora, para quem não conta com nenhum desses documentos, pode ficar a conhecer o seu número de PIS 2019 fazendo uma consulta bem simples no DATAPREV – veja como saber número do PIS, já no próximo tópico.


Como Saber o Número do PIS pela Internet

Felizmente fazer essa consulta é bem simples, sendo que o necessário para saber o número do PIS pela internet, basta contar com um dispositivo conectado à internet e seguir o passo a passo descrito já abaixo:

  • Primeiramente entre no site do DATAPREV pelo seguinte link – dataprev.gov.br/;
  • Dentro da página inicial escolha a opção inscrição e forneça todos os dados requisitados;
  • Agora basta conferir as informações prestadas e depois confirmar a inscrição, e continuar;
  • Com isso feito, na próxima página você já poderá conferir o seu número NIT (que substituí o número de PIS), valendo imprimir essa página para manter todas as suas informações neste programa social bem guardadas.

Vale salientar que para fazer a sua consulta sem nenhum impedimento, você deve contar com o seu CPF, RG e o nome completo da sua mãe, já que estas são as informações que são requisitadas na hora de saber o número do PIS pela Internet.

PIS 2019

PIS 2019 (Programa de Integração Social) ou simplesmente Abono Salarial como é mais conhecido é um dos programas trabalhistas mais populares, que tem como objetivo o de remunerar os profissionais ativos que atuam nas empresas do setor privado com uma bonificação que pode chegar ao valor do PIS 2019.

PIS 2019 – Consulta Abono Salarial

Muitos o apelidam de “décimo quarto salário”, uma vez que ele é pago anualmente pelo Ministério do Trabalho em parceria com a Caixa Econômica Federal, que repassa os valores diretamente aos trabalhadores beneficiados.

Como todos os programas, o PIS também possui suas regras e a partir dos próximos parágrafos você terá a oportunidade de ficar por dentro de tudo e conhecer todos os requisitos do PIS 2019. Confira comigo.


Calendário PIS 2019

A liberação dos benefícios para o saque é realizada conforme o cronograma previsto em tabela específica que é conhecida como Calendário PIS, que abrange um período que começa geralmente em julho de um ano e se encerra no mês de junho do ano seguinte.

Desta forma, como estamos no início de 2018 a tabela vigente é do período 2016-2019, cujos últimos pagamentos já estão sendo realizados. Como se pode observar na imagem abaixo, os aniversariantes dos meses de janeiro e fevereiro poderão sacar o PIS a partir do dia 19 de janeiro. Já os aniversariantes de março e abril somente após o dia 16 de fevereiro e, por último os nascidos dos meses de maio e junho receberão depois de 16 de Março de 2019.

tabela de pagamentos do Calendário PIS 2019
Aniversário Início dos Saques: Credito em Conta: Término dos Saques:
Julho 26/07/2018 26/07/2018 28/06/2019
Agosto 16/08/2018 16/08/2018 28/06/2019
Setembro 13/09/2018 13/09/2018 28/06/2019
Outubro 18/10/2018 18/10/2018 28/06/2019
Novembro 20/11/2018 20/11/2018 28/06/2019
Dezembro 13/12/2018 13/12/2018 28/06/2019
Janeiro e Fevereiro 17/01/2019 17/01/2019 28/06/2019
Março e Abril 21/02/2019 21/02/2019 28/06/2019
Maio e Junho 14/03/2019 14/03/2019 28/06/2019

E atenção: todos os beneficiários têm até o dia 30 de junho de 2019 para sacar o PIS. Então não perca tempo! Lembre os seus amigos compartilhando este artigo com eles.

Tabela PIS 2019

Divulgado pela Caixa Econômica Federal, o calendário de pagamentos do PIS 2019 define as datas de saque do abono salarial 2019. Para sacar o benefício, é necessário estar dentro do período de saque, se enquadrar nas regras do benefício, e ter o cartão cidadão Caixa. Caso você não tenha esse documento, pode fazê-lo gratuitamente na agência da Caixa Econômica Federal mais próxima de você.

Tabela PIS

O Calendário PIS 2019 foi divulgado pela caixa em parceria com o Ministério do Trabalho e emprego, e define as datas de saque do abono salarial. Confira abaixo as datas de saque:


Valor proporcional do PIS 2019

O valor do PIS é proporcional ao tempo de serviço realizado pelo trabalhador durante o chamado ano-base de apuração. Para saber exatamente o valor que irá receber do seu Abono Salarial será necessário fazer um cálculo, o qual é bastante simples.

Para isso, basta:

  • Pegar o valor do salário mínimo atual;
  • Dividir por 12 (número total de meses);
  • E depois multiplicar esse resultado com o número de meses que trabalhou durante o ano passado.
Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 80,00
2 (45 a 74) R$ 159,00
3 (75 a 104) R$ 239,00
4 (105 a 134) R$ 318,00
5 (135 a 164) R$ 398,00
6 (165 a 194) R$ 477,00
7 (195 a 224) R$ 557,00
8 (225 a 254) R$ 636,00
9 (255 a 284) R$ 716,00
10 (285 a 314) R$ 795,00
11 (315 a 344) R$ 875,00
12 (345 a 365) R$ 954,00

E atenção: para efeitos de cálculo, o programa considera como mês integral o período igual ou superior a 15 dias trabalhados. Assim sendo, quanto mais meses você trabalhar durante o ano-base de apuração maior será o valor do seu beneficio, o qual poderá chegar ao valor máximo de um salário mínimo vigente.

Por outro lado, a adoção do pagamento proporcional do PIS acabou se tornando um grande incentivo ao trabalhador que terá maior vontade de se manter vinculado a empresa onde trabalha. Ou seja, a mudança vai de encontro aos princípios do Abono Salarial que busca aumentar a integração e desenvolvimento de funcionários e empregadores.


Pagamento PIS 2019

O pagamento do Abono Salarial 2019 é realizado de três formas, as quais são as seguintes:

  • Crédito em conta: Os trabalhadores que possuem alguma conta aberta na Caixa (poupança ou conta corrente) recebem o valor do PIS diretamente nela, ou seja, você só precisa conferir o extrato para checar o depósito, o qual geralmente é realizado em aproximadamente dois dias de antecedência a data de liberação para o saque geral;
  • Caixas eletrônicos, Casas Lotéricas e os Correspondentes Caixa Aqui: Com a apresentação do seu Cartão do Cidadão e/ou documento pessoal de identificação com foto você poderá sacar o seu PIS 2019 mais rápido;
  • Agências da Caixa: Em qualquer uma das várias agências disponíveis em todo o território nacional você pode receber com segurança o seu Abono Salarial 2019. Para isto, é só apresentar o seu número do PIS e um documento de identificação. Uma dica: você pode utilizar, para tanto, a sua carteira de trabalho, pois na mesma já consta impresso o número do seu beneficio.

Quem tem direito ao PIS

Para participar do programa é necessário que você atenda os seguintes requisitos, a saber:

  • Deverá estar inscrito no PIS 2019 pelo período mínimo de cinco anos;
  • Deverá ter recebido no máximo dois salários mínimos mensais em média durante o ano-base;
  • Deverá ter trabalhado com a carteira devidamente assinada pelo período mínimo de 30 dias, os quais poderão ser consecutivos ou não, durante o ano-base considerado para a respectiva apuração;
  • Deverá ter os seus dados corretamente informados na Relação Anual de Informações Sociais (ou RAIS), cuja responsabilidade é do empregador que deverá enviar ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Atenção: Funcionários do setor público tem direito a outro benefício, o PASEP. Para conferir o calendário PASEP 2019, Clique aqui.


Quem não tem direito ao abono salarial?

Não terão direito a receber o abono salarial PIS/PASEP todos os trabalhares que não se enquadrarem em todas as regras descritas acima. Se você acha que se enquadra em todos os critérios, mas seu pagamento não saiu, é possível que seu empregador não tenha entregue a RAIS de 2017.

Outro motivo pelo qual muitos cidadão não recebem o benefício é a falta de registro assinado na carteira de trabalho em 2017. Para ter direito a receber o PIS 2018/2019, é obrigatório que o trabalhadores tenha pelo menos 30 dias de carteira assinada.

Confira a seguir todos as classes de trabalhadores que não possuem direito de receber o abono automaticamente:

  • Empregados domésticos
  • Trabalhadores autônomos
  • Trabalhadores em regime de aprendizagem
  • Diretores, presidentes ou sócios de empresa que não possuem vínculo de empregabilidade, mesmo quando há recolhimento de FGTS
  • Todos os trabalhadores com média salarial superior a 2 salários mínimos por mês

Calendário PASEP 2019

Calendário PASEP 2019 – O PASEP é um dos benefícios mais esperados pela classe trabalhistas. Isto porque é com esse valor que muitos farão aquela reforma tão esperada na sua casa ou também fazer aquela viagem que sempre sonhou. No entanto, para que não perca a data de saque deste importante benefício, é preciso que esteja atento ao calendário PASEP 2019. Quer se informar um pouco mais sobre este documento? Leia o artigo abaixo!

Calendário PASEP 2019

O que é Abono Salarial PASEP 2019?

O Abono Salarial 2019 do PASEP é um benefício destinado aos servidores públicos. Este benefício possui o objetivo de promover a integração social do trabalhador com a empresa, assim como estimular a economia no local de vivência daquele trabalhador. Geralmente, o PASEP costuma ser associado com o PIS. No entanto, são bem distintos. O PIS é voltado para funcionários de empresas privadas, já o PASEP para servidores públicos.

O que diferencia o PASEP do PIS é a instituição bancária. Enquanto os beneficiários do PIS 2019 recebem à sua quantia pela Caixa Econômica Federal, os beneficiários do PASEP sacam por meio do Banco do Brasil.


Valor do PASEP 2019

O valor do benefícios varia de acordo com o tempo de serviço to trabalhador no ano base. Cada mês de serviço dá direito, ao servidor público a 1/12 do valor do salário mínimo. Dessa forma, o pagamento só será integral caso o trabalhador tenha a carteira assinada durante o ano anterior inteiro.

Valor do PASEP

Dessa forma, o pagamento do benefício passou a ser proporcional ao tempo trabalhado.

Por exemplo:

  • Um trabalhador que tenha cumprido 12 meses de carteira assinada, terá direito ao valor integral do Pasep 2019;
  • Já um trabalhador que tenha comprido apenas 3 meses de carteira assinada no exercício anterior, terá direito a apenas 1/4 do valor do PASEP;
  • Um terceiro servidor, que tenha apenas 30 dias completados com a carteira assinada, terá direito a apenas 1/12 do valor do Pasep integral.

Para esclarecer dúvidas sobre o valor do benefício, o Portal Brasil divulgou a tabela abaixo, com os valores do abono salarial proporcionais a quantidade de dias trabalhados. Confira:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 80,00
2 (45 a 74) R$ 159,00
3 (75 a 104) R$ 239,00
4 (105 a 134) R$ 318,00
5 (135 a 164) R$ 398,00
6 (165 a 194) R$ 477,00
7 (195 a 224) R$ 557,00
8 (225 a 254) R$ 636,00
9 (255 a 284) R$ 716,00
10 (285 a 314) R$ 795,00
11 (315 a 344) R$ 875,00
12 (345 a 365) R$ 954,00

Calendário PASEP 2019

calendário PASEP 2019 foi a forma criada para organizar todas as datas de pagamentos do benefício aos milhares de beneficiários brasileiros. É importante que esteja sempre atento à esse documento para que não perca o prazo de recebimento do seu benefício e, consequentemente, o valor retorne aos cofres públicos.

Final de Inscrição (dígito) Início do Pagamento Podem sacar até
0 ​26/07/2018 28/06/2019
1 ​16/08/2018 28/06/2019
2 ​13/09/2018 28/06/2019
3 ​18/10/2018 28/06/2019
4 ​20/11/2018 28/06/2019
5 ​​17/0​1/2019 28/06/2019
6 e 7 ​​21/02/2019 28/06/2019
8 e 9 14/03/2019 28/06/2019

Diferentemente do PIS, o calendário do PASEP é organizado de acordo com o último dígito do número de identificação social, também conhecido pela sigla NIS. Geralmente, os pagamentos do PASEP 2019 começam à ser efetuado no mês de julho, pois o pagamento referente ao PASEP do ano anterior se estende até junho do ano posterior.


Quem tem direito ao PASEP

Muitas pessoas devem achar que só porque são servidores públicos possuem direito ao PASEP. Muito pelo contrário. Assim como outros benefícios concedidos pelo Governo Federal, o PASEP 2019 possui algumas regras onde devem ser obedecidas para ter direito. Para ter acesso ao PASEP é necessário que:

  • Ter um cadastro no PASEP de, no mínimo, cinco anos (completos);
  • Ter exercido atividade remunerada por, no mínimo, 30 dias consecutivos ou não com carteira de trabalho assinada;
  • A renda mensal não deve ultrapassar a quantia referente à dois salários mínimos.

Em caso de dúvida, leia nosso artigo de como consultar o PASEP para saber se você tem direito a receber.

*Vale lembrar que o PASEP só está disponível para funcionários do setor Público. Se você é funcionário da iniciativa privada e se enquadra nas regras descritas acima, consulte o calendário PIS 2019 para saber se você tem direito ao benefício.


Como Sacar o PASEP

Você deve sacar o PASEP em alguma dependência do Banco do Brasil. Ou se preferir, numa unidade dos Correios, pois ele é correspondente bancário do BB. Nesse caso, basta apenas levar o cartão de sua conta para que possa ter acesso a seu benefício.

Tudo muito simples e fácil. Caso tenha alguma dúvida, não esqueça de chamar o profissional responsável por auxiliar as pessoas na agência bancária.

Está com alguma dúvida sobre o calendário do PASEP 2019? Diga-nos na área de comentários para que possamos solucioná-las.


Cotas do PASEP 2019

Terão direito ao saque das cotas do fundo individual de cotas do PASEP todos os servidores públicos que:

Cotas do PASEP 2019
  • Cadastrados no Pasep entre 1972 e 04/10/1988; E
  • Que ainda não tenham sacado o fundo.

Poderão realizar o saque integral do fundo de cotas do PASEP todos os trabalhadores que:

  • Tenham mais de 60 anos de idade (homens ou mulheres);
  • Aposentados;
  • Falecidos (herdeiros tem direito a sacar as cotas);
  • Reforma militar remunerada;
  • Portadores de Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Portadores de Doença de Parkinson;
  • Portadores de Cardiopatia grave;
  • Portadores de Estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante);
  • Portadores de Espondiloartrose anquilosante;
  • Portadores de Cegueira;
  • Portadores de Hepatopatia grave.
  • Portadores de Contaminação por radiação, com base em conclusão da medicina especializada;
  • Portadores de Neoplasia maligna;
  • Portadores de Hanseníase;
  • Portadores de Alienação mental;
  • Portadores de Tuberculose ativa;
  • Portadores de Síndrome da deficiência imunológica adquirida – AIDS;
  • Portadores de Nefropatia grave.em Quem Tem Direito ao PIS 2019 – Como Saber

Cadastro PIS 2019

Uma das condições necessárias e a principal para que o trabalhador posso obter o seu abono salarial PIS, é a realização do Cadastro PIS 2019, já que somente desde modo o funcionário é enquadrado na lista de pagamentos deste benefício.

Não deixe de conferir como realizar o Cadastro PIS 2019, tanto para a empresa como para o trabalhador, ainda neste post.

Cadastro PIS 2019

Cadastro PIS 2019

Conhecido também como o 14º salário do trabalhador, o abono salarial Caixa PIS 2019 é um benefício oferecido a todos os trabalhadores cadastrados neste programa social.

Sendo que a forma mais fácil de realizar o cadastro PIS é indo diretamente a uma agência da Caixa portando o seu documento de identificação, carteira de identidade e o número do seu CPF.

Outro método de cadastro PIS que não é tão fácil quanto parece, é o online, sendo que em alguns casos o processo de cadastro pode ser um pouco complicado, já que o trabalhador é quem dirige a inscrição no PIS 2019 em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Para cadastrar o seu PIS pela internet basta seguir o passo a passo descrito logo abaixo:

  • Entre no Site do Ministério do Trabalho por AQUI;
  • Dentro da página do site preencha o formulário apresentado com todas as informações requeridas;
  • Agora basta prosseguir para a próxima página e finalizar o seu cadastro PIS.

Cadastro PIS 2019 Online

O PIS 2019 é um benefício social com pagamento anual cujo cadastro também pode ser efetuado diretamente pelo contratante, isso caso ele seja o primeiro a assinar a carteira de trabalho do funcionário.

Valendo salientar que para realizar o cadastro do funcionário pela internet, o representante da firma deve contar obrigatoriamente com um CNPJ e seguir o seguinte passo a passo:

  • Acesse o site da Caixa pelo link – caixa.gov.br;
  • Prossiga informando o NIS e clicando em “Cadastrar Senha”;
  • Em seguida preencha os campos do formulário em branco e cadastre a sua senha;
  • Feito isso, agora é só se dirigir a uma agência da Caixa para a comprovação da documentação necessária na inscrição PIS da empresa;
  • Quando os documentos forem aprovados, basta acessar novamente o site da Caixa, informar o seu NIS e a senha cadastrada, que você já poderá cadastrar os seus funcionários.

Comprovante de Cadastro PIS

Para quem tem direito ao recebimento do PIS é bastante importante contar com o comprovante de Cadastro PIS, já que por ele é possível realizar o saque do abono salarial PIS em todos os canais de pagamento autorizados pela CAIXA.

Contando com o número do PIS, o cartão de cidadão atua como um comprovante da inscrição PIS, e o mesmo pode ser obtido numa agência da Caixa Econômica Federal, sendo que a emissão deste comprovante vale tanto para quem está solicitando-o pela primeira vez ou deseja obter uma segunda via.

Saiba também: Confira as datas de pagamento do calendário PIS 2019, com a tabela oficial lançada pela Caixa Econômica Federal e pelo Ministério do Trabalho.

Vale também salientar que a obtenção de um comprovante de Cadastro PIS não é disponibilizada de forma liberal na internet, já que isso quebraria um direito institucional do beneficiário (a preservação de dados do indivíduo).

Mas ainda é possível obter um comprovante PIS pela internet de forma bem rápida, sendo que basta acessar o site dataprev.gov.br e informar os dados solicitados.

Submetido o formulário no site, você poderá obter um comprovante com o número de inscrição e outros dados referentes ao PIS do trabalhador, isso se houver um cadastro ativo.

Lembrado que o comprovante de cadastro PIS também é requerido na validação na emissão do certificado digital.

Extrato FGTS 2019

Extrato FGTS 2019 – O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) foi idealizado com o principal intuito de proteger os trabalhadores assalariados, com registro em carteira de trabalho, através de depósito, em contas abertas na Caixa Econômica, por parte do empregador, no início de cada mês, no valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário.

O acesso e acompanhamento destes valores, dar-se-á através de Extrato FGTS, via presencial, online, aplicativo, SMS ou por carta. O saque do FGTS só pode ser realizado em situações pré-determinadas.

Extrato FGTS 2019

Como Consultar o Extrato FGTS 2019

Primeiramente, é necessário cadastrar senha de acesso para consulta ao Extrato FGTS 2019. Para isso:

  • Realize acesso ao site caixa.gov.br/extrato-fgts ;
  • Informe, no local indicado para isso, o número do NIS do trabalhador e clique na opção “CADASTRAR SENHA”;
  • Leia atentamente o regulamento apresentado pelo Sistema e clique em “ACEITO”;
  • Preencha todos os campos com os dados pessoais formalmente solicitados;
  • Crie uma senha (com até 8 dígitos) e a confirme a seguir;
  • Aguarde o recebimento de uma notificação de cadastro realizado.

Para a consulta do Extrato FGTS 2019, propriamente dita, faça-o:

Presencialmente: via uma das Unidades da Caixa Econômica. Neste caso, é preciso ter em mão, também, o Cartão Cidadão;

Via Online: acessando o site da Caixa Econômica ( caixa.gov.br ), tendo em mãos:

  • RG
  • CPF
  • PIS
  • Título do Eleitor.

Via Telefone: central de atendimento Caixa Econômica Federal – 0800 726 0207. Basta seguir as orientações indicadas durante a chamada.

Via SMS: mediante digitação das informações solicitadas, que são número de NIS (PIS/PASEP 2019) e senha da Internet cadastrada ou com o uso da Senha Cidadão.


Quem tem direito ao Fundo de Garantia

O FGTS, quantia depositada mensalmente em conta individual de cada colaborador com registro em carteira assinada, conforme previsto pela CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, só pode ser utilizada, quando o trabalhador:

  • O contrato de trabalho for rescindido sem justa causa;
  • Finalizado um contrato de trabalho com por prazo pré-determinado;
  • A empresa em que estiver trabalhando vier por encerrar suas atividades (por consequência de falência, morte do empregador individual ou de nulidade do contrato de trabalho);
  • O contrato de trabalho for rompido penitência de culpa recíproca ou força maior;
  • O trabalhador se aposentar;
  • Em casos de necessidade pessoal (considerada por análise, urgente e/ou grave), em decorrência de desastres por meio da natureza, que tenham atingido residência, ou quando for decretado estado de emergência ou calamidade pública em sua cidade;
  • Tiver suspenso seu Contrato de Trabalho Avulso em prazo igual ou superior a 90 dias;
  • Em caso de falecimento do trabalhador, o saque pode ser realizado por seus dependentes legais;
  • O trabalhador tiver idade igual ou superior a 70 anos;
  • O trabalhador (ou algum dependente legal) for portador do vírus HIV ou de câncer;
  • O trabalhador (ou qualquer dependente legal) que esteja em estágio terminal, em virtude de doença grave;
  • A conta de FGTS estiver sem depósitos, pelo período de 3 anos, ininterruptos, desde que o último afastamento tenha ocorrido até 13/07/1990, inclusive;
  • Para abatimento, quitação de saldo devedor ou pagamento de parte de prestações de imóveis, obtidas através de consórcio;
  • Para abatimento, quitação de saldo devedor ou pagamento de parte de prestações de parcelas de financiamento habitacional no que ser refere ao Sistema Financeiro de Habitação.

Como Consultar FGTS pelo CPF

O número do CPF é imprescindível na consulta ao FGTS.

  • Pelo site: basta preencher o campo PIS 2019, incluir senha cadastrada e clicar na opção OK;
  • Pelo aplicativo: baixar grátis o aplicativo FGTS, cadastrar senha de acesso e cadastrar-se, para ter acesso as consultas desejadas;
  • Por SMS: serviço gratuito de envio de mensagens, através do qual recebe-se mensalmente informações sobre depósitos e saldo atualizado de FGTS;
  • Por carta: basta informar, via uma das Unidades da Caixa Econômica ou pelo telefone 0800 726 01 01, o endereço residencial, para recebimento de extrato FGTS, a cada 2 meses.

Certidão FGTS

A Certidão FGTS pode ter seu saldo consultado, através do uso do Cartão Cidadão.

O Cartão do Cidadão é para quem possui FGTS provisionado, dentre outros serviços sociais.em Extrato FGTS 2019

Consultar PASEP 2019

O abono salarial PASEP é um dos benefícios mais aguardados pelos trabalhadores do setor Público, já que ele é pago anualmente na forma de dinheiro, o que é bem mais vantajoso para muita gente. Por conta da importância deste programa social, saber como Consultar PASEP, é mais do que necessário.

Consultar PASEP 2019

Quem tem Direito ao PASEP?

As condições impostas para que o trabalhador qualifique para o recebimento do PASEP são bem semelhantes às do programa de integração social (PIS).

Confira as condições para ser beneficiário do PASEP, já a seguir:

  • Todo o trabalhador que aufere de uma remuneração mensal que não ultrapasse um valor correspondente a 2 salários mínimos nacionais;
  • O empregado deve contar com um cadastro ativo no PASEP a pelo menos uns 5 anos;
  • A empresa empregadora deve obrigatoriamente contar com os dados dos seus funcionários informados no relatório da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) referente ao ano-base, que é entregue ao Ministério do Trabalho;
  • Contar com pelo menos um mês (30 dias) de trabalho no ano-base com a sua carteira de trabalho devidamente assinada.

Saiba também: Descubra também quem tem direito ao PIS 2019, as regras de pagamento do abono salarial e como sacar seu beneficio.


Consultar PASEP 2019

Felizmente o programa social PASEP 2019 conta com um meio de consulta bastante rápido e bem simples. Para obter as informações do saldo e outros dados importantes relacionados ao seu PASEP, basta seguir o processo descrito logo abaixo.

  1. Acesse o site do Cnis clicando AQUI.
  2. Clique em “Cidadão”;
  3. Prossiga clicando na opção “Inscrição” e depois selecione “Filiado”;
  4. Agora Informe os dados requisitados no formulário;
  5. Digite o código de segurança gerado de forma automática pelo site e clique em “continuar”;
  6. Por fim, basta prosseguir com o processo de consulta que na próxima página você já poderá conferir o seu número do NIT (PASEP).

Agora, caso a consulta online não ocorra de forma bem sucedida, você pode realizar uma verificação das informações do seu PASEP de forma bem simples por meio do telefone, usando o seguinte número 0800 726 0207.


Calendário PASEP 2019

Para quem busca estar sempre pronto para receber o seu benefício, ficar atento ao calendário PASEP 2019 é importantíssimo, já que é por meio dele que é feita a divulgação do prazo atribuído a cada beneficiário para realizar o saque do abono salarial.

Divulgado anualmente pelo Governo Federal, no calendário PASEP 2019 é informado o prazo de saque de acordo com o último dígito do número do benefício.

Não deixe de conferir o calendário 2019, já a seguir:

Final de Inscrição (dígito) Início do Pagamento Podem sacar até
0 ​26/07/2018 28/06/2019
1 ​16/08/2018 28/06/2019
2 ​13/09/2018 28/06/2019
3 ​18/10/2018 28/06/2019
4 ​20/11/2018 28/06/2019
5 ​​17/0​1/2019 28/06/2019
6 e 7 ​​21/02/2019 28/06/2019
8 e 9 14/03/2019 28/06/2019

Lembrando que é importante realizar o saque do seu abono salarial PASEP dentro do prazo estabelecido no calendário, pois quando este não é retirado, o mesmo é direcionado ao Fundo de Amparo para financiar o pagamento dos salários de funcionários da rede pública.

Sendo assim, não há como receber o valor do PASEP do ano anterior acrescido ao do ano vigente.

Por isso, logo que a data de pagamento deste benefício chegar, não perca tempo e vá solicitar o saque do seu.

Fique por dentro: Confira também a data de pagamento do calendário PIS 2019 e não perca o saque de seu benefício.


Como sacar o PASEP 2019?

O saque do benefício deverá ser realizado em uma agência ou posto de atendimento autorizado do Banco do Brasil. O saque deverá ser realizado com um documento de identidade válido com foto.

Abono Salarial Pasep 2019 – Como sacar

O saque do abono salarial 2019 deverá ser realizado conforme o limite ilustrado na tabela acima. Caso o servidor não realize o saque dentro do prazo, o valor é devolvido ao FAT – Fundo de amparo ao trabalhador – ficando indisponível para saque.

O pagamento poderá ser realizado de 3 formas diferentes:

  • Crédito em folha de pagamento – se a empresa em que o trabalhador serve possui convênio com o BB, o benefício poderá ser realizado junto com a folha de pagamento;
  • Crédito em conta – Se o trabalhador do setor público possui conta no Banco do Brasil, precisa ficar atento, pois seu benefício pode cair automaticamente na conta;
  • Saque em agência – Se não se enquadrar em nenhum dos casos acima, poderá realizar o saque em um guichê de pagamento da agência mais próxima.

Consultar PIS 2019 pela Internet

Como um dos modos de bancar com os benefícios trabalhistas, o Estado criou o Programa de Integração Social (PIS). Este consiste em uma poupança que é destinada ao funcionário do viés privado e que se pontua por financiar dois dos mais importantes auxílios do país: o Abono Salarial e o Seguro Desemprego. Confira agora como Consultar PIS pela Internet.

Visualizando a relevância desse fundo e o fato de surgirem várias dúvidas sobre o mesmo, decidimos discorrer, durante este texto, um pouco sobre os pontos mais relevantes. Acompanhe a gente para entendê-los.

Consulta PIS pela Internet

Quem tem direito ao PIS?

Para que um trabalhador possa receber os auxílios do PIS 2019, ele deverá, antes de tudo, ser um empregado regularizado de alguma instituição privada. Esta, contudo, não é a única condição exigida, havendo outras que são específicas para cada situação; veja-as a seguir.

Quem tem direito ao Abono Salarial:

Para ser beneficiada pelo Abono Salarial, que se pontua por ser uma espécie de 14º salário, é necessário que o indivíduo:

  • Esteja inscrito no PIS há 05 anos, no mínimo;
  • Receba um valor mensal que seja igual ou menor que a quantia de dois salários mínimos – hoje, isso condiz à R$1908,00;
  • Tenha sido empregado por pelo menos 30 dias no ano anterior;
  • Conste, com todas as informações em dias, no RAIS (Relatório Anual de Informações Sociais).

Seguro Desemprego:

Para que a pessoa receba o Seguro Desemprego, por outro lado, ela deve:

  • Ter um cadastro no PIS que igualmente date de 05 anos, ao menos;
  • Ter sido despedida sem justa causa ou ter sido impedida de trabalhar em razão de falência ou devido a uma paralisação da firma;
  • Não esteja recebendo outros benefícios governamentais, exceto pensão por morte ou auxílio-acidente;
  • Ter trabalhado durante os últimos 12, 09, ou 06 meses para, de modo respectivo, a primeira, a segunda ou a terceira solicitação do auxílio;
  • Tenha sido declarado pela empresa na RAIS entregue ao Ministério do Trabalho.

Documentos Necessários para Consultar PIS pela Internet

A fim de consultar o PIS pela internet, é preciso que o empregado tenha em mãos:

  • O seu número NIS – que está impresso na carteira de trabalho e na frente do Cartão Cidadão;
  • A sua senha internet da Caixa – caso a pessoa não a possua, será preciso cadastrá-la, o que requisita o CPF e a RG do titular do fundo.

Como Consultar PIS pela Internet?

Para que consiga verificar o seu PIS de modo on-line, o trabalhador deverá:

  • Entrar na página da Caixa, clicando aqui;
  • Acessar a área de “benefício e programas”;
  • Clicar em “PIS”;
  • Confirmar o seu NIS e a sua senha internet;
  • Legitimar o seu acesso ao canal;
  • Clicar em “ok”.

Obs.: para cadastrar a sua senha internet, caso não tenha uma, o indivíduo deverá inserir o seu NIS no local apropriado, clicar em “cadastrar senha” e seguir os passos que a plataforma pedirá.