Características indispensáveis para empreender com sucesso em 2021

0

É fato que a pandemia do novo Coronavírus desestabilizou o mercado econômico, e isso falando mundialmente, não somente no Brasil.

Os apontamentos de negócios que declararam falência não param de subir, e quando analisados os empreendimentos de pequeno e médio porte então, aí os dados tornam-se ainda mais alarmantes.

Fato é que a pandemia desestruturou a economia mundial de forma brutal, no entanto, como diz o dito popular: em todo fundo do poço há um trampolim.

E esse é o momento dos visionários entrarem em cena, é a vez de quem tem duas coisas imprescindíveis quando mencionado o mundo dos empreendimentos: a coragem e a visão.

A visão ao empreender

Empreender demanda de uma série de habilidades e recursos no qual somente quem tem coragem se arrisca, e geralmente são os afortunados com a recompensa do sucesso futuro.

Afinal, empreender ainda mais num cenário como o atual, requer ainda mais coragem e também o auxílio e a experiência de profissionais que irão atuar de forma especializada, seja cuidando da contabilidade da empresa ou na busca de soluções e ideias.

No entanto, é totalmente possível, basta juntar a coragem com a questão de ser um visionário.

Ao considerar a hipótese de que o reconhecimento da necessidade da tecnologia e da internet com essa crise, foi fundamental para termos a real noção do quão indispensáveis são esses dois recursos.

Foi notável o quanto a tecnologia é imprescindível – e quem dirá não quase que um insumo de um empreendimento – seja para dar o devido start das atividades ou mais ainda para manter os negócios.

E é aí que entra o fator visionário de um empreendedor. É enxergar oportunidades mesmo dentro de um cenário de crise, e pode ser que enxergar essas oportunidades seja ainda mais fácil quando se pode contar com esses meios tecnológicos.

Designed by @drobotdean / freepik

Exemplo disso é considerar a questão das mudanças na forma de trabalhar que adaptaram-se à pandemia e ao isolamento social, e que com certeza por terem sido tirados inúmeros proveitos da situação, por que não enxergar nessas oportunidades alguma forma de empreendimento? 

Já pensou na quantidade de empresas que irão implantar o home office às suas rotinas, por exemplo, será que não existe aí uma oportunidade de suporte a esse meio novo de trabalho que será fixado às novas rotinas? É tudo questão de analisar as oportunidades que surgem.

A coragem de empreender

E é aí então que entra outro fator importantíssimo para quem é um visionário: a coragem.

A coragem de empreender, começar como um pequeno empreendimento mesmo, abrindo como um Simples Nacional, dando o start necessário e ousado, com a devida dose de coragem que será o diferencial para posicionar a sua ideia diante do mercado.

E tendo além da coragem, a humildade de consultar os especialistas certos, de poder pesquisar quais as melhores oportunidades, de saber as formas de atingir o seu público-alvo com ousadia, a sede de fazer o seu empreendimento dar certo e alcançar o patamar de referência naquele produto ou naquela prestação de serviço.

É fundamental que se tenha o conhecimento para a aplicação das ideias certas, e para isso, é imprescindível que se informe para assim poder assumir os riscos, o que a coragem torna-se fundamental. 

As oportunidades estão aí, basta analisar as probabilidades e as necessidades, e a junção de visão e coragem pode ser uma ótima receita para o sucesso como empreendedor!

E por que não contar com a parceria de uma contabilidade experiente no assunto de empreendimentos de pequeno ou médio portes também?