Carga de soja escondia carregamento de cocaína avaliado em R$ 7 milhões

A Polícia Federal de Dourados realizou grande apreensão de cocaína na última quinta-feira (12), os traficantes com objetivo de conseguir passar por possíveis fiscalizações no trajeto, esconderam a droga embaixo de 32 toneladas de soja destinada a Maringá (PR).

Foram apreendidos 168 kg de cocaína que nos parâmetros fornecidos pela polícia rodoviária Federal tem valor em torno de R$ 7 milhões.

Quando abordado e questionado quanto sua estadia na fronteira, o motorista do caminhão não teve firmeza e coesão em sua resposta, gerando suspeita nos policiais de que algo estaria errado. 

O motorista juntamente ao caminhão foram conduzidos até a Delegacia da Polícia Federal, após investigar com cautela o veículo e a carga, os policiais encontraram por fim a droga escondida no interior do botijão de ar do caminhão. Após este fato o motorista foi preso em flagrante e está sujeito a uma sentença de até 15 anos.

Luta contra o tráfico

Na mesma semana, apenas um dia antes a Polícia rodoviária Federal em novo mundo executou a apreensão de 276 quilos de pasta base de cocaína, o montante tem valor de cerca de R$ 40 milhões (usando o valor de R$ 125.250,00 como referência do quilo da droga)

Ao passar pela fiscalização e ser abordado, o motorista se mostrou nervoso, isto somado ao fato de que o reboque parecia ter sido adulterado foram suspeitas suficientes para conduzir o caminhão até a Delegacia da Receita Federal em nova ponte.

Ao chegar na Delegacia o caminhão foi inspecionado, o veículo foi passado pelo scanner, o procedimento revelou a existência de um compartimento oculto na carga. Os policiais descarregaram a carga e constataram que no compartimento existiam tabletes de cloridrato de cocaína. 

O motorista recebeu voz de prisão no local e não detalhou nem de onde vinha e nem para qual destino o carregamento de drogas se encaminhava.

Comentários estão fechados.