Não é fácil atuar na área de tributação no Brasil. Afinal de contas, são mais de 30 tributos, considerando impostos, taxas e contribuições vigentes. O que compensa o esforço de se manter atualizado nessa complexidade de normas que regulamentam os tributos no país é a boa remuneração

Para fazer parte desse mercado, você pode optar por vários cursos, como Contabilidade, Matemática, formação em Direito com especialização na área contábil e jurídica ou até mesmo Administração, e cuidar desse setor dentro de uma empresa. Um gerente contábil de uma grande empresa, por exemplo, pode ganhar entre R$ 12 e R$ 26 mil. Há também o cargo público de auditor fiscal nas três esferas: municipal, estadual e federal. O auditor federal é o topo da carreira pública, com salário de cerca de R$ 15 mil.

[rev_slider alias=”ads”][/rev_slider]

Se você tem interesse pelo assunto, pode participar do 2º Fórum Internacional da Tributação, que ocorre de 7 a 10 de novembro, sendo que os dois primeiros dias são totalmente online e os últimos dois, em São Paulo, mas com transmissão pela internet. O fórum é um espaço para abordar formas de tornar mais eficiente os modelos de tributação nacional.

“Vamos discutir tributação de uma maneira bem ampla. Por exemplo, como ela é pensada em outros países. O nosso modelo é bom ou ruim? Qual reforma tributária é possível no Brasil?”, detalha Felipe Ferreira Silva, diretor-geral da Faculdade Brasileira de Tributação, instituição promotora do evento.

A reforma tributária no Brasil é o tema do primeiro painel do dia 9 de novembro, fase presencial do evento em São Paulo, que terá seis convidados na mesa. Outros debates ainda irão abordar a Política Fiscal Brasileira e a Crise Político-econômica, os Impactos Tributários do ingresso do Brasil na OCDE e Planejamento Tributário na Atual Jurisprudência do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF). Essa última terá como presidente da mesa Bruna Futuro, Head of Tax para América Latina do Facebook.

Invista na formação

Com três anos de atuação, a Faculdade Brasileira de Tributação tem sede em Porto Alegre e em São Paulo, e oferece o curso de Graduação Tecnológica em Gestão Financeira, com ênfase na Gestão de Tributos, além de oito pós-graduações, sendo cinco presenciais e três no formato de Educação a Distância (EAD).

“Queremos promover a democratização da tributação no Brasil. Que todo mundo tenha acesso à informação de qualidade”, destaca Silva. Conforme ele, as discussões e temas abordados ao longo do ano em sala de aula alimentam a programação do fórum.

Bolsa de estudo

A Faculdade Brasileira de Tributação é uma instituição parceira do Educa Mais Brasil, programa que concede bolsas de até 70% para alunos desde a pré-escola até a pós-graduação, assim como em cursos técnicos, profissionalizantes e de idiomas. Os interessados em buscar uma vaga podem fazer a simulação e, depois, a inscrição gratuitamente no site www.educamaisbrasil.com.br.

Comente no Facebook

Comentários