Cartão BNDES: Conheça a opção para o MEI que parcela a fatura em até 48 meses

0

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) possui uma opção de cartão de crédito para o MEI com taxas de juros de até 1,17% ao mês que possibilita ainda o parcelamento da fatura em até 48 meses. O que pode se tornar uma excelente opção para o Microempreendedor Individual que está em busca de um novo investimento para o seu negócio.

Como funciona o cartão BNDES

O cartão BNDES possui uma das taxas mais baixas de juros do mercado, se tornando uma excelente opção para as pequenas empresas que buscam um investimento de forma viável e mais barata.

Contudo o seu uso é destinado exclusivamente para gastos com despesas da empresa, seja para compras diretas ou ainda por compras indiretas (negociações, entre fornecedores por exemplo).

O vencimento do cartão é o mesmo para todos e ocorre a cada 15 dias. Seu pagamento é realizado por débito automático na conta corrente do MEI, conta esta que é a mesma informada no processo para solicitação do cartão.

Fonte: Google
Fonte: Google

Saiba como solicitar

Para solicitar o cartão BNDES é necessário que o interessado possua conta corrente em algum dos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil
  • Banco do Nordeste
  • Banrisul
  • Benestes
  • Bradesco
  • BRDE
  • Caixa Econômica Federal
  • Itaú
  • Santander
  • Sicoob
  • Sicred

Se você já possui o primeiro requisito agora será necessário que empreendedor acesso ao site do BNDES e clicar na opção “Solicite seu Cartão”. Em seguida preencher um formulário com os dados da sua empresa, como CNPJ e a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). Por fim você deverá selecionar o banco ao qual você possui conta corrente e queira vincular ao cartão, após isso você enviará a proposta.

Assim que o empreendedor tiver cumprido os passos anteriores o mesmo deverá comparecer a agência do banco selecionado e apresentar a seguinte documentação:

  • Atas de eleição dos administradores;
  • Balanço Patrimonial;
  • Certidão Negativa de Débito (CND);
  • Certidão de regularidade do FGTS (obtida no site do FGTS);
  • Contrato Social da Empresa.

Fique atento: Caso a documentação à cima não se faça necessária a instituição bancária que o MEI informou terá o prazo de até 30 dias para enviar o cartão de crédito para o endereço que consta no formulário de preenchimento.

Se o pedido do seu cartão for negado saiba que é possível ir em outra instituição e tentar solicitar novamente o mesmo, visto que cada banco possui suas próprias políticas para concessão de crédito.

Para finalizar temos visto alguns relatos de dificuldades e negativas dos microempreendedores que tentam solicitar o cartão, se você encontrou dificuldades deixa sua experiência à seguir para que possa ajudar novos empreendedores que estão buscando outras opções de crédito!