Ninguém está livre de se perder completamente no orçamento e deixar o CPF ser negativado no SPC e Serasa. De acordo com um recente levantamento realizado pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) em parceria com o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), quase metade dos brasileiros esteve com o nome sujo nos últimos doze meses.

Com isso, a simples meta de conseguir um cartão de crédito pode se transformar em um verdadeiro martírio, tornando-se quase impossível a aprovação. Entretanto, existem algumas maneiras de conseguir um cartão de crédito mesmo negativado e com score baixo. Confira aqui.

Dica 1 – Peça um cartão consignado

A primeira alternativa existente e que muita gente desconhece, é o cartão de crédito consignado, especificamente para aposentados e pensionistas, servidores públicos, ou ainda para empregados de empresas conveniadas com as instituições financeiras.

Bancos tradicionais como a Caixa Econômica Federal e o Banco BMG oferecem essa modalidade de cartão de crédito com desconto em folha das faturas todos os meses. Dessa forma, não existe risco de crédito para o banco, e você pode ter acesso a cartões com menores taxas de juros do rotativo e isentos de anuidade.

Dica 2 – Faça Portabilidade de salário

Alguns bancos valorizam ao máximo se você for um empregado de carteira assinada e fizer a portabilidade de salário. O Banco Santander é famoso por liberar crédito para correntistas que mantenham o salário na conta corrente e movimentem com operações financeiras todos os meses.

Dica Extra

O PagBank promete que as suas chances aumentam consideravelmente se optar pela portabilidade de salário. Para isso, basta abrir a sua conta digital PagBank grátis aqui neste link em apenas alguns minutos, optar pela portabilidade e aguardar receber o primeiro salário. Depois disso, você tem chances reais de ser convidado a obter o cartão de crédito PagBank sem anuidade, e com limite que corresponde a metade do seu salário ou benefício.

Dica 3 – Mantenha um bom relacionamento

Além de receber o salário na conta corrente, mantenha um bom relacionamento com um banco principal. Coloque as contas básicas de consumo com débito em conta e construa um relacionamento de longo prazo. Ademais, com o tempo, você vai ser beneficiado com essa parceria, e inclusive existem relatos de liberação de crédito e limites para quem está negativado. Confira este artigo aqui.

Dica 4 – Renegocie dívidas

Se o seu caso refere-se ao bloqueio do cartão de crédito por dívidas com o banco ou emissor do cartão. Renegocie as suas dívidas para conseguir reativar o cartão o mais rapidamente possível. Todavia, é possível que você passe por uma nova análise de crédito. A maioria dos bancos costumam proceder dessa forma.

Dica 5 – Nome Sujo? Use um cartão pré-pago

Por fim, se você realmente não consegue um cartão de crédito, uma alternativa é utilizar o bom e velho cartão pré-pago. Em algumas situações, como o pagamento de serviços de Streaming, para compras na internet com mais segurança, e para o uso no dia a dia com menores custos, um cartão pré-pago pode suprir perfeitamente as suas necessidades.

Com informações Seu crédito Digital