Casos de invasão hacker no Brasil continuam, inclusive em escritórios contábeis

0
38

Em novembro do ano passado, uma loja de produtos para bebês de Campo Grande (MS) teve seu sistema de computadores invadido. Na ocasião, os cibercriminosos pediram pagamento em bitcoin para liberação da rede.

Em outubro do mesmo ano, hackers invadiram o sistema de uma empresa de contabilidade em Roraima e pediram resgate de R$ 4.800 em bitcoin.

Na época eles deixaram as seguintes mensagens, em inglês e espanhol, assim traduzidas: “Nós sentimos, mas seus arquivos foram criptografados”; “Não se preocupe, podemos ajudar a recuperar todos os seus arquivos”.

Outro caso que aconteceu no Brasil foi no mês de agosto, também em 2018, quando um hacker invadiu o sistema do hospital da Santa Casa do Pirajuí, no interior de São Paulo.

A instituição se recusou a pagar pelo resgate e acabou perdendo vários dados clínicos sobre os pacientes. Até programas usados em procedimentos médicos tiveram de ser reinstalados.