Provavelmente, você já tenha uma ideia do que se trata uma admissão de funcionário, mas sabemos que algumas dúvidas podem aparecer na hora de realizar o processo corretamente.

Logo, para ajudá-lo com isso, preparamos um artigo com o passo a passo para realizar uma admissão perfeita.

Confira!

O que é a admissão de funcionários?

A admissão de funcionários é uma etapa muito importante dentro de uma empresa, e trata-se do processo de formalizar a contratação de um novo colaborador.

Para que isso ocorra, é necessária uma série de procedimentos, os quais são essenciais para a autorização da prestação de serviços.

Independentemente de como a admissão é realizada, em todos os casos é preciso criar um contrato de trabalho, e ele será específico para cada tipo de vaga anunciada.

Além das burocracias jurídicas, existem algumas questões que precisam ser analisadas durante o processo de contratação.

Elas incluem como realizar o processo corretamente, onde anunciar a vaga, quais serão os benefícios, entre outros.

Esse papel pode ser realizado pelo setor de RH e, caso a empresa seja pequena, a pessoa responsável deve saber bem como o processo funciona, para que erros não aconteçam e os prejuízos sejam minimizados.

Qual a importância da admissão para a empresa?

Realizar uma admissão corretamente vai muito além de apenas reduzir erros e não perder tempo procurando outros candidatos.

Empresas que realizam o processo adequadamente, conseguem reter talentos mais facilmente e diminuem a taxa de turnover.

Além disso, contratar o profissional certo, com as qualificações certas, que entenda corretamente o propósito da empresa e quais serão os benefícios, faz com que a produtividade e a motivação aumentem.

Por esse motivo, é muito importante realizar o processo de admissão da melhor forma possível.

Quais são os tipos de contrato de trabalho?

Antes de saber como realizar o processo corretamente, você precisa saber quais são os tipos de contratos de trabalho existentes no mercado, para determinar de forma clara o tipo de profissional que a sua empresa está buscando.

Tempo indeterminado

O contrato por tempo indeterminado é o mais comum, e é aquele em que não há data prevista para o encerramento do vínculo empregatício.

Esse rompimento só ocorrerá em casos de demissão ou pedidos de dispensa.

Experiência

O contrato de experiência é aquele que determina o tempo para que a empresa avalie o profissional e vice-versa.

Segundo a CLT, o período pode ser de até 90 dias, dividido em até 2 partes.

Temporário

contrato temporário também possui algumas regras, e pode ser realizado por até 2 anos, com possibilidade de prorrogação por mais 2 anos.

Esse contrato geralmente é utilizado em lojas durante o período de festas.

É muito importante analisar todas as regras desse tipo de contrato, para não ocorrerem problemas judiciais no futuro.

Estágio

Muitas pessoas não sabem, mas o estágio não configura vínculo empregatício.

Por não existir um contrato entre o estagiário e a empresa, as partes assinam um termo de compromisso, que estipula as atividades que devem ser desempenhadas pelo estudante.

Menor Aprendiz

O programa Menor Aprendiz foi criado pelo Governo Federal estabelecido pela Lei de Aprendizagem nº 10.097/00. Esse contrato possui um tempo determinado de no máximo 2 anos, e é voltado para estudantes com idade entre 14 e 18 anos.

Para o contrato ser legal, o menor aprendiz tem que estar matriculado em alguma instituição de ensino, e o horário de trabalho deve ser o contraturno escolar.

O salário é baseado na quantidade de horas trabalhadas de acordo com o salário-mínimo.

Onde anunciar uma vaga?

Um dos pontos mais importantes no processo de admissão é onde anunciar uma vaga.

Já passou o tempo em que as vagas eram anunciadas apenas em sites especializados.

Hoje em dia, existem diversos locais espalhados pela internet, nos quais profissionais qualificados podem ser encontrados de forma mais assertiva.

Sites de vagas

Os sites de vagas são os locais mais acessados por trabalhadores, mas não se limite apenas aos grandes portais.

Admissão de funcionários

Existem diversos sites de nicho, nos quais você pode encontrar trabalhadores específicos para uma determinada área da empresa.

Google Jobs

Muitas pessoas não conhecem essa ferramenta, mas se você coloca as vagas diretamente no site da empresa, existe uma forma de colocar marcadores de dados estruturados para que a vaga apareça no Google Jobs.

Linkedin

O Linkedin é uma rede social focada em profissionais e empresas.

Muitas vezes, é possível encontrar os melhores profissionais do mercado dentro da plataforma e, atualmente, existe uma parte do site que é focada nessa tarefa.

Facebook

O Facebook também criou uma ferramenta para anunciar vagas diretamente na rede social.

Fora isso, você também pode buscar pelos profissionais em grupos focados no setor da empresa que está precisando de um novo colaborador.

Passo a passo para começar o processo de admissão

Agora que você já sabe muitas informações sobre o processo de admissão, vamos para o que realmente importa.

Não existe uma receita para um processo ser bem executado, mas algumas dicas são essenciais e ajudam muito na hora de elaborá-lo.

Determine as exigências profissionais

O primeiro passo para realizar um bom processo de admissão é ter em mente quais são as reais exigências profissionais que a vaga busca.

Isso vai facilitar muito na hora de encontrar os candidatos, principalmente na hora de escolher os currículos que estão mais alinhados com a vaga.

Seja o mais sucinto possível na hora de determinar quais serão as exigências para a vaga.

Defina os benefícios

Outro ponto bastante importante, que vai servir para atrair os candidatos ideais, é a definição clara dos benefícios.

Essa é a hora de mostrar como a sua empresa se importa com a qualidade de vida no trabalho, então deixe bastante claro quais serão os benefícios e diferenciais que os candidatos encontrarão na sua empresa.

Elabore um contrato

Como falamos anteriormente, existem alguns tipos de contrato que devem ser utilizados na contratação de um novo colaborador.

Tenha em mente qual será o tipo utilizado, e deixe-o pronto o mais rápido possível, pois, muitas vezes, é preciso tempo para produzir um contrato de qualidade e bem feito.

Publique a vaga

Com todos os passos anteriores feitos, chegou a hora de publicar a vaga.

Veja as dicas que passamos aqui sobre a publicação da vaga, e busque diversas alternativas na hora de encontrar o melhor candidato.

Acompanhe o entrevistado

Tire todas as dúvidas que os candidatos tenham, seja por e-mail, telefone ou pessoalmente. Esse ponto é bastante importante, pois ficará bem mais claro quais serão as etapas do recrutamento e como a vaga funcionará.

Finalizando o processo

Após escolher o candidato para a vaga, informe quais documentos são necessários para a efetivação, assim como os prazos para a entrega deles.

O não cumprimento dessa tarefa pode implicar na possibilidade de ele não conquistar a vaga, então seja rígido com essa parte.

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: Você gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

O Viver de Contabilidade criou um programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Fonte: Azulis