CLT: Empregador que atrasar pagamento de salário pode pagar multa

O senador Reguffe, do PDT do Distrito Federal, apresentou o PLS 134/2015 que estabelece o pagamento de multa de 5% do salário, acrescido de 1% por dia de atraso para os trabalhadores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O senador ressalta que a medida protege o empregado, que é a parte mais vulnerável de uma relação de trabalho.

Ouça mais sobre o assunto com a repórter Cinthia Bispo, da Rádio Senado.

Anúncios

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.