Tempo de Leitura: 3 minutos

CLT ou PJ? Muitos trabalhadores e empreendedores tem se questionado sobre qual a melhor forma de trabalho, ambas são distintas e para escolher entre elas, faz-se necessário saber as vantagens e desvantegens de cada uma, como ambas atuam no mercado e mais: saber em qual delas a sua atividade e perfil melhor se enquadram. Pensando nisso, nós do Meu Contador Online, disponibilizamos este post, comparando as duas modalidades. Confira abaixo:

CLT : Vantagens e Desvantagens

CLT é a sigla para Consolidação das Leis Trabalhistas, é o conjunto de leis cujas normas regulam as relações de trabalho entre o empregador e os seus respectivos empregados. A existência da CLT, garante que os funcionários não sofram abusos e também não deixem de cumprir com o seu trabalho corretamente.

Vantagens em ser CLT:

  • Registro em carteira, salário, 13°, férias remuneradas, FGTS , vale transporte, aviso prévio;
  • Seguro Desemprego;
  • “Certa estabilidade”  pois ao ser demitido, tem direito as verbas rescisórias,
  • Abono Salarial, DSR ( Descanso Semanal Remunerado);
  • Vale refeição, convênio médico, partipação nos lucros ( depende da empresa).

Desvantagens em ser CLT:

  • Empregados passam mais de 8 horas diárias no trabalho, isto dificulta a execução das suas atividades para terceiros;
  • Funcionários sofrem descontos de INSS, IRRF, vale transporte e outros que podem chegar ao valor médio de 20% do salário mensalmente;
  • Ao pedir demissão o funcionário fica com o FGTS retido e não recebe os 40% correspondente a multa rescisória;
  • As remunerações tendem a ser mais baixas pois manter um funcionário celetista é caro para a empresa e na tentativa de reduzir os custos, reduzem os salários.

PJ:  Vantagens e Desvantagens

Anúncios

PJ é a sigla para Pessoa Jurídica. Quando um indivíduo ( registrado junto a Receita Federal no CPF – Cadastro de Pessoas Físicas) ou mais desejam formalizar seu negócio ( comercializar algo, fabricar ou prestar algum serviço), abrem um CNPJ ( Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e assim podem exercer suas atividades como empresa e não como um empregado.

Vantagens em ser PJ

  • Maior flexibilidade de horário e autonomia ( é possível executar atividades para mais de uma empresa);
  • Possibilidade de negociação, ou seja, você pode determinar o valor das suas atividades;
  • Diminuição significativa dos descontos salariais ( Normalmente, a empresa paga mais para o PJ pois não gasta com FGTS, vale transporte, férias, 13° e todos os benefícios pagos a um celetista).
  • Você pode investir parte dos seus rendimentos, ou seja, o que seria destinado ao FGTS , você pode investir no tesouro direto possibilitando uma rentabilidade maior do valor investido.
  • Você estará trabalhando para você! Isso gera motivação e traz novos desafios.

Como declarar o imposto de renda como pessoa jurídica?

Desvantagens em ser PJ

  • Custos de trabalho como: alimentação e transporte devem ser arcados por você;
  • Ao assinar um contrato com uma empresa, este deve ser cumprido e tem prazo determinado, ou seja, gera uma certa instabilidade, o empreendedor deverá sempre buscar novos contratos;
  • Férias, não serão remuneradas, o empreendedor deverá  ter meios próprios de arcar com este período sem remuneração.
  • A empresa terá impostos mensais, cujas alíquotas são variáveis de acordo com a atividade exercida, modalidade e tributação da empresa. Por isso, ter um bom contador, desde a abertura é essencial.
  • Benefícios como FGTS, 13°, aviso prévio entre outros, são garantidos apenas para trabalhadores registrados. enquanto empreendedor, não receberá nenhum destes benefícios.

“Tudo bem eu entendi! Mas o que devo escolher: CLT ou PJ?”

Depende do seu perfil!

Um jovem que ainda não tem muita experiência no mercado de trabalho,  que não saiba exatamente o que quer fazer profissionalmente, talvez não esteja pronto para ser um PJ e arcar com todos os riscos que esta modalidade pode oferecer. Neste caso, orientamos que se qualifique, busque oportunidades de crescimento e ao notar um nicho de mercado, estude estratégias e meios de conquistar bons contratos!

Um adulto mais experiente que exerça uma atividade a alguns anos, conhece o nicho de mercado no qual deseja atuar, é regrado para cumprir prazos e compromissos sem precisar de um chefe! Pode estar preparado para ser um PJ, ter autônomia e trilhar o próprio caminho!

Lembrando que estes são apenas exemplos, as pessoas podem nos surpreender! existem adultos experientes que não estão preparados para ser PJ e existem jovens inovadores que já estão preparados! Tudo depende do seu planejamento, profissionalismo e auto – conhecimento! 

Conteúdo via Meu contador online