CNPJ: descubra como realizar a abertura do perfil jurídico do seu negócio

Atualmente, muitas pessoas estão buscando abrir negócios, contudo, nem todas elas sabem lidar com a burocracia que envolve esse procedimento.

A criação do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) é obrigatória para quem quer montar sua própria empresa. Quem deixar de realizar esse procedimento poderá estar atuando de forma irregular, pois é o CNPJ que constata a regularização do negócio. 

A formalização se dá diante do Estado através da emissão desse documento. Existe uma certa burocracia para abrir o seu próprio CNPJ, todavia, ressaltamos que o processo é essencial para quem quer atuar legalmente como uma empresa ou negócio no país. 

No que consiste um CNPJ?

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, ou simplesmente CNPJ é, segundo a Receita Federal, reúne os dados das instituições que dizem respeito as administrações tributárias Municipais, do Distrito Federal, dos Estados e da União.   

Funciona como o CPF de um negócio. Os profissionais autônomos que atuam na prestação de serviço também necessitam realizar a abertura do CNPJ. Dessa forma podem exercer suas atividades regularmente.

A abertura do CNPJ viabiliza a emissão de notas fiscais, por isso profissionais autônomos necessitam realizar o procedimento. Em muitos casos os indivíduos que contratarem os serviços irão exigir a emissão da nota fiscal. 

A Receita Federal do Brasil é responsável pela expedição dos cadastros nacionais de pessoas jurídicas e físicas, no documento emitido pela Receita constará informações da empres. 

Também deverão constar dados como telefone, redes sociais e endereços eletrônicos, a situação cadastral e a natureza jurídica do empreendimento. 

O CPF contém 11 números, já o CNPJ será formado por 14 números. 

Como se dá o procedimento de abertura do CNPJ?

Atualmente a abertura do CNPJ pode ser feita digitalmente, contudo, antes de realizar o procedimento é necessário reconhecer qual é o formato que se negócio irá assumir. 

Qual é o porte da empresa e a média de faturamento anual? Se o valor for abaixo de R$60 mil a modalidade de abertura será a de microempreendedor individual, o famoso “MEI”

Se o negócio tiver faturamentos anuais superiores a R$60 mil a modalidade do CNPJ deverá ser LTDA. 

A abertura do CNPJ na modalidade MEI é rápida e fácil, pode ser efetuado por meio do Portal do Empreendedor. Se formalize pela plataforma e receba seu número do CNPJ. 

A abertura do CNPJ na modalidade LTDA é mais difícil e é necessário recorrer à assessoria de um contador, pois será preciso definir a natureza jurídica do negócio, o regime tributário, elaborar o contrato social e definir a área de atuação da empresa. 

Após realizar todos os passos de definição efetue a abertura do CNPJ com a Receita Federal. 

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.